1º São José Rock Festival mostra viabilidade musical e comercial

Blog Single
Barracão de 2.600 m² com estacionamento é um ótimo local para shows

Pela primeira vez São José dos Pinhais teve um festival de bandas de rock independentes. Os shows realizados no último sábado (05), além de entrarem para a história da cena cultural da cidade, abriram a possibilidade do município ter uma agenda regular de apresentações musicais. O San Rosse Music Hall, localizado no fim da rua Izabel Redentora, é um lugar de fácil acesso, próximo do centro, com estacionamento e três barracões, sendo o principal com 2.600m², que foi o palco da mostra.

De acordo com organização do concerto e os proprietários, a idéia é incentivar produtores e grupos a utilizar o espaço para a formação de uma agenda. “Eu me surpreendi com o público em um dia de pré-feriado, e todos os músicos estão muito satisfeitos de tocarem na cidade em que moram e para os amigos”, disse Fabrício Vitor, idealizador do concerto.

Entre as primeiras bandas da noite estava a Vinil Verniz. “A Vinil Verniz foi formada há apenas três meses, e um dos primeiros shows foi aqui em São José dos Pinhais”, comemorou o vocalista Johnathan de Sá.

O público também aprovou a iniciativa. “Show assim só em Curitiba, mas agora também aqui”, falou Erick Evangelista, morador no bairro Santos Dumont e guitarrista do grupo Poesia Barata, de estilo grunge.

O professor de música Alexandre Schuertz mora no bairro Bom Jesus. Ele lembrou que um dia tentou fazer algo parecido. “Na época não havia muito interesse mas agora parece que tem mais bandas engajadas. Muito legal o evento.”

A estudante de pedagogia, Elaine Trevisan, destacou o ineditismo. “Em São José dos Pinhais não tem nada do gênero. Uma ótima opção na noite”, comentou a aluna, que reside no bairro Guabirotuba, em Curitiba.


As bandas
O 1º São José Rock Festival teve a participação de nove representantes do rock n´roll underground da cidade, um grupo convidado de Cuiabá-MT e outro de Curitiba. Algumas bandas tocaram covers, mas a maioria mostrou músicas próprias.

Eram 19h20 quando a Franksimata entrou no palco. Em seguida vieram Combate; Vinil Verniz; High Volts; Bobojack; Armônica; Cásimu; Os Corsários (show comemorativo de dez anos); Branco ou Tinto (Cuiabá); Kallibra; e Ovos Presley (Curitiba).

O festival conseguiu patrocínios da Ultramad Comércio de Madeiras, loja Abbey Road e Dounski Artes Gráficas. A Prefeitura Municipal apoiou com divulgação e segurança do evento.

[PautaSJP.com]

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: