Universitários tiram "nota 10" em participação no primeiro "Renault Experience" 03-Sep-09

Projeto contou com 1.200 alunos da PUC


Projeto contou com 1.200 alunos da PUC

Em vez de teorias acadêmicas, o contato com experientes profissionais da indústria automobilística. No lugar da sala de aula, um espaço interativo, aberto a discussões sobre o desafio de produzir e vender um novo automóvel. Durante três dias, 1.200 alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) desviaram-se da rotina escolar atraídos pela primeira edição do “Renault Experience”, encerrada neste dia 2 de setembro.

Os universitários lotaram o Teatro Universitário Católico (TUCA), localizado no Centro de Ciências Exatas e Tecnologia (CCET) na iniciativa inédita da Renault do Brasil, que mostrou com sucesso, como aproximar a indústria com o ambiente universitário. Esse foi o “Sandero Story”, primeiro “case” prático apresentado pelos executivos da Renault aos alunos, que conheceram detalhes da bem-sucedida trajetória do Sandero, primeiro automóvel concebido pela marca fora do continente europeu.

“Os universitários das mais diversas áreas, como Engenharia Mecatrônica e Publicidade, se interessam por novos desafios. Além disso, estão de olho no futuro, atentos ao mercado de trabalho”, observou Calcagnotto, que também é professor universitário e se surpreendeu com o entusiasmo dos alunos. “Eles merecem nota 10”, afirmou Antonio Calcagnotto, Diretor de Relações Institucionais da Renault do Brasil.

Os estudantes, por sua vez, descobriram que fabricar e vender um automóvel com sucesso em mercados tão competitivos, como o brasileiro, não é uma tarefa fácil. “É importante participar de um evento como esses para observar a quantidade de tecnologia investida. O que chama atenção é o tamanho da empresa e todo o seu investimento em ações de marketing para aproximação com os clientes”, afirmou Diego Gonçalves, 20 anos, que está no 6º período de Engenharia Mecânica.

Já o colega dele, Gabriel Lucheta, outro futuro engenheiro mecânico, mostrou-se satisfeito por ter visto na prática parte do que aprendeu na sala de aula. “Esse tipo de evento aproxima o aluno do mercado de trabalho. A Renault é uma super multinacional e não tem como não querer fazer parte dessa empresa”, afirmou, sem esconder a empolgação.


Atrações além da teoria
O Renault Experience despertou a atenção dos universitários não só com palestras, mas também por uma área exclusiva, onde estiveram em exposição duas versões do Sandero (Vibe e F1), além do Stepway e de um bólido da Renault F1 Team.

Os três workshops realizados durante o terceiro dia do evento: design (apresentado por Vincent Pedretti, Designer Chefe do Renault Design América Latina), produto (coordenado por Natalia Castanho, Gerente de Pesquisa de Mercado da Renault do Brasil) e fabricação (ministrado no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais, por Luis Fernando Peláez, Diretor de Fabricação da Renault Mercosul), tiveram uma grande procura pelos alunos. Os workshops contribuíram para aumentar o grau de interação do público jovem com a Renault do Brasil e seus principais executivos.

Quatro dos participantes ainda têm um motivo especial para comemorar. Dois alunos e duas alunas vão pilotar um Mégane Sedan de competição na pista do Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Eles tiveram suas frases selecionadas como as melhores no concurso “Piloto por um dia”.

Mais de 1.200 universitários passaram pelo espaço interativo nos três dias do evento. Segundo Calcagnotto, a participação dos alunos superou as expectativas e abre caminho para novas edições do “Renault Experience” em outras universidades do País.

“A PUCPR e a Renault já estabelecem uma parceria há algum tempo. Nesse evento, com a participação do Centro de Ciências Exatas e Tecnologia e a Escola de Negócios foi possível aproximar os nossos alunos da prática exercida pela empresa. Para nós é uma forma de conhecer o mercado enquanto a Renault se aproxima das pesquisas e tecnologias desenvolvidas pela Universidade”, afirmou o vice-reitor da PUCPR, Paulo Mussi.


Talentos também na música
Depois do trabalho, hora da cultura. Os três dias de atividades do “Renault Experience” foram encerrados com um show da Orquestra de Câmara da PUCPR, no Teatro Universitário Católico.

No fim da noite, mais agito. Subiram ao palco músicos revelados por meio do tradicional Festival “Revele seu Talento”, realizado anualmente pela universidade. E os executivos da Renault perceberam que, em matéria de animação, têm muito a aprender com os jovens universitários.

Assessoria de Imprensa Renault do Brasil