Secretaria de Promoção Social lança a 3ª etapa do Mutirão da Solidariedade 16-Nov-09

Apresentação foi realizada sábado (14) e comprenderá diversas ações


Apresentação foi realizada sábado (14) e comprenderá diversas ações

A Prefeitura de São José dos Pinhais, por meio da Secretaria de Promoção Social realizou, neste sábado (14), o lançamento da 3ª etapa do Mutirão da Solidariedade, realizado no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) – José Zen – Jardim Itália e também na Unidade Operacional Campestre da Faxina. “O Mutirão da Solidariedade consiste na união de esforços da comunidade em busca de um bem comum. O cuidado com os locais públicos deve partir da Prefeitura, mas também do cidadão. Por isso, agradeço a todos aqui presentes pela dedicação e empenho”, destaca o secretário de Promoção Social Paulo Gomes.


Apoio
A Academia da Polícia Militar do Guatupê, por meio do apoio do Coronel Roberson Luis Bandaruk participou e colaborou com a motivação e trabalho em todas as etapas do Mutirão da Solidariedade. “Nós temos a satisfação em ajudar e participar desse Mutirão. Um dos nossos princípios é o de integrar a comunidade com a Polícia, ou seja, mesmo objetivo do Projeto”, afirma o 2º Tenente Fábio José Cruz.


CRAS – José Zen
Neste local, o destaque foi a participação do morador Odilon Melo, que se comprometeu em estar no lançamento do Mutirão, no dia em que foi apresentado o Projeto à população da região. É um senhor que pertence à Melhor Idade e que transparece juventude em suas ações.


Unidade Operacional Campestre da Faxina
“Todos os projetos, programas e ações realizadas pela Secretaria de Promoção Social têm êxito, pois são feitas por pessoas sensíveis e que acreditam na bondade do ser humano. Exemplo disso, é o próprio secretário de Promoção Social Paulo Gomes que atende as nossas reivindicações de imediato”, informa a coordenadora da Unidade Jorgina Gomes Rodrigues Esparza.

Quando a coordenadora Jorgina comenta sobre o termo “sensibilidade”,ela realmente sabe do que está falando, pois por aproximadamente quatro anos, as crianças que utilizam as atividades oferecidas pela Unidade Operacional Campestre da Faxina comiam ao relento, ou seja, na chuva, frio e no calor. Mas essa situação foi mudada, hoje, as mesmas podem contar com um espaço adequado para a realização da alimentação.

O morador Antonio Leonardo Radachenski foi um dos exemplos dessa região. Quando a equipe da Secretaria de Promoção Social chegou no local, o Sr. Antonio foi imediatamente comentar que precisaria sair do Mutirão por um instante, pois iria fazer um frete, ou seja, ele estava em um dia normal de trabalho, mas conseguiu arranjar um tempo, disponibilizá-lo ao Mutirão e o que é mais contagiante, ter a preocupação em justificar a ausência de alguns minutos. Demonstrando assim, a vontade, alegria e compromisso em auxiliar a comunidade. “Tenho orgulho de participar de uma ação que beneficia tantas pessoas”, afirma Radachenski.

“O comprometimento de cada um é de extrema importância. O empenho e a vontade de ver projetos realizados são quesitos que regem o nosso trabalho”, diz o coordenador do Projeto Mutirão da Solidariedade Régis Santos. O grau de depredação e atos de vandalismo em geral nas unidades já reformadas, diminuiu bastante, pois a comunidade passou a ser principal soldada e fiscalizadora dos locais. Essa mudança de postura aconteceu porque a própria população ajudou na revitalização de cada CRAS,e acaba se sentindo diretamente atingida se alguém tenta estragar o benefício adquirido. A meta é de revitalizar os seis Centros de Referência de Assistência Social que estavam em estado precário, até o final de 2009, quatro já foram reinaugurados e esses dois restantes (CRAS – José Zen e Unidade Operacional Campestre da Faxina) serão recuperados até dezembro.

Assessoria de Imprensa Prefeitura de São José dos Pinhais