Candidatos a prefeito destacaram que é possível aliar crescimento com igualdade social

Blog Single
Sobre o racha entre DEM e PSDB os questionamentos ficaram para presidente de partido e vereador

Durante as coligações majoritárias para as eleições de outubro que ocorreram desde o dia 19 de junho, os pré-candidatos a prefeito apresentaram suas observações quanto a atual administração pública e sobre a cidade. Entre as retóricas, houve citações à possibilidade de aliar desenvolvimento econômico e igualdade social.
A convenção do PSDB do último domingo (29), de manhã, na Câmara Municipal, organizou o grupo político Siga em Frente São José dos Pinhais, com mais sete partidos, sendo o PSB – Partido Socialista Brasileiro, PP – Partido Progressista, PMDB – Partido do Movimento Democrático Brasileiro, PRP – Partido Republicano Progressista, PR – Partido da República, PSDC – Partido Social Democrata Cristão, e o PT do B – Partido Trabalhista do Brasil.
Na ocasião o prefeito Leopoldo Meyer, candidato a re-eleição, disse que durante a sua gestão, o Poder Público conseguiu chegar nas regiões mais distantes para atender a comunidade. “Formamos uma Prefeitura que se fez presente em praticamente todos os bairros. Investimos não somente os 25% em Educação, previstos em lei, mas há muito tempo com 30% em investimentos, incluindo transporte, material didático e merenda de qualidade, entre tantos programas realizados em outros setores. São José dos Pinhais possui um grande potencial econômico, e é possível investir no social”, enfatizou Meyer. O candidato a vice é o ex-vereador pelo PMDB Nedson Karam.
A convenção do DEM do último sábado (28) de manhã, também na Câmara Municipal, apresentou o grupo político Frente São José Para o Povo, com mais cinco partidos, sendo o PHS - Partido Humanista da Solidariedade, PRB - Partido Republicano Brasileiro, PSC - Partido Social Cristão, PSL - Partido Social Liberal, e o PTC - Partido Trabalhista Cristão.
O candidato a prefeito Sandro Setim, comentou que os partidos aliados querem desenvolver uma administração transparente, aberta e voltada à comunidade. “Temos que planejar como será São José dos Pinhais com mais 100 mil moradores nos próximos anos, e faremos a diferença para a saúde, educação e outras áreas, e principalmente para os cidadãos”, falou Sandro. O candidato a vice é o atual vice-prefeito Toninho da Farmácia.
Na convenção do dia 19 de junho, no restaurante Buffet Imperial, a saúde foi a principal área de destaque do candidato do PTB, Ivan Rodrigues, representante do partido, que montou o grupo Mais Saúde Para São José dos Pinhais, que inclui outras quatro legendas, sendo o PDT – Partido Democrático Trabalhista, PT – Partido dos Trabalhadores, PC do B – Partido Comunista do Brasil, e o PMN – Partido da Mobilização Nacional.
“Creio que numa cidade, que é a terceira arrecadação de ICMS do Estado, seja um absurdo que a saúde não dê condições para que a população tenha as suas necessidades básicas atendidas”, disse Ivan Rodrigues. O candidato a vice será anunciado nesta segunda-feira, 30 de junho.

Comentários sobre o racha
Nas convenções do DEM e PSDB, partidos que ficaram coligados desde as eleições de 1996, e que se colocaram em posições contrárias para a votação de outubro deste ano, o denominado “racha”, foi comentado apenas pelo presidente do DEM, Pedro Setenareski Filho, e nas palavras do vereador do PSDB, Carlos Machado.
“Eu me lembro que quando Leopoldo Meyer era secretário de obras, na gestão de Luiz Carlos Setim, ele usava geralmente jeans, e tinha muitas vezes suas botas preenchidas de terra. Após o início do seu trabalho como prefeito, o Meyer já não trazia mais aquela informalidade, então acredito, que eu não enxergava mais aquele homem de jeito simples. E que Deus nos proteja e nos dê força, para que os candidatos do partido sigam o bom exemplo de Luiz Carlos Setim nestas eleições”, disse Pedro Setenareski.
“Acredito que há dois anos São José dos Pinhais se enganou em votar no deputado federal Setim, que só aparece no fim de semana, enquanto viaja para lá e para cá. E agora lança o filho como candidato. Muitos daqueles que mamaram na Prefeitura nos últimos tempos nos traíram. E agradeço a quem ainda está do nosso lado. Temos que parar com conversa fiada, e reconhecer o mérito de quem fala pouco e trabalha muito”, comentou Carlos Machado.

[PautaSJP.com]

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: