Empresários destacam investimento educacional da Fiep em SJP

Blog Single
A diretoria da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) esteve ontem (05) na Faculdade Metropolitana de Curitiba (Famec), para oficializar a aquisição da faculdade, localizada em mais de 30 mil metros quadrados no bairro Afonso Pena, que terá, além da gestão da Fiep, investimento de entidades empresariais que estão em São José dos Pinhais com sedes próprias, e fazem parte do Sistema Fiep, como o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai, bairro Costeira) e Serviço Social da Indústria (Sesi, bairro Braga).

O objetivo é a organização de um centro de ensino tecnológico integrado a estas instituições privadas. “A intenção é manter a autonomia da Famec e a interação entre as unidades do Sesi e Senai, em uma produção de conhecimento, de graduação tecnológica, com apoio de mão de obra especializada para a indústria paranaense”, disse o presidente da Fiep, Rodrigo da Rocha Loures, que também citou a ideia de capacitação via cursos à distância.

O reitor da Famec, Almeri Paulo Finger, anunciou a futura ampliação do Colégio Sesi, que começou a funcionar este ano. “Temos 220 alunos de Ensino Médio e o projeto de implantação de classes com crianças. Hoje, existem dois cursos de graduação na área de tecnologia, sendo Sistemas de Informação e Tecnologia em Redes de Computadores, e após 10 anos, partirmos para um projeto muito ambicioso, com cursos tecnólogos e de graduações em engenharias. Por meio do Senai, iniciaremos imediatamente qualificações para atender o mercado industrial”, falou Almeri Finger.

De acordo com o presidente do Conselho Consultivo da Regional Fiep, Jair Capistro, o investimento fortalece o município e o bairro Afonso Pena. “O Colégio Sesi, na Famec, teve matrículas imediatas de estudantes da região, nesta localidade populosa e em grande desenvolvimento”, comentou Jair Caistro.

Segundo o presidente do Conselho Deliberativo da Associação Comercial de São José dos Pinhais (Aciap), Júlio Canestraro, o projeto vai resgatar o trabalho prático. “Será um divisor na qualidade de ensino do município que vai aliar a teoria e a prática, o que é uma necessidade das empresas”, enfatizou Júlio Canestraro.

Para o vice-prefeito, Jairo Melo, os investimentos, ainda não divulgados, vão melhorar a mão de obra local. “Cerca de 15 mil pessoas saem de São José dos Pinhais todos os dias para trabalhar em Curitiba, e perto de 20 mil pessoas chegam à cidade diariamente para o trabalho. No caso das pessoas quem vem da Capital, elas ocupam postos de trabalho com maior remuneração, e esse desequilíbrio precisa diminuir”, disse Jairo Melo.

A Famec possui mais de 1.300 alunos que cursam Administração, Ciências Contábeis, Direito, Sistemas de Informação, Turismo, Pedagogia – Licenciatura e Tecnologia em Redes de Computadores.

[PautaSJP.com]

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: