Não existe fiscalização contra fumantes no Terminal Afonso Pena

Blog Single
A lei estadual antifumo começou a vigorar no Paraná em 29 de novembro de 2009. A medida proíbe o consumo de cigarro em lugares fechados de uso coletivo ou com grande aglomeração de pessoas. No Terminal Afonso Pena não existe fiscalização e o chão do local é um exemplo da ilegalidade, com centenas de bitucas todos os dias. A Prefeitura de São José dos Pinhais, que deveria fiscalizar, prepara uma lei municipal como prevenção aos malefícios do tabaco.

A reportagem do PautaSJP.com conferiu no Terminal Afonso Pena que os cartazes antifumo estão rasgados. Os usuários do terminal fumam sem qualquer intimidação. A estagiária de uma montadora de veículos de São José dos Pinhais, Paloma Correia, disse que não sabia da proibição. “Aqui todo mundo fuma”, resumiu a moradora da Borda do Campo.

Para o estudante Marlon de Oliveira, que reside no Uberaba e também utiliza o Terminal Afonso Pena, sugere que a Guarda Municipal ajude a dar bronca quanto ao cigarro. “Já vi várias vezes os guardas municipais levando embora os vendedores de cigarros aqui de dentro, mas eles nunca orientam quem fuma”, reclama Marlon de Oliveira.

De acordo com a Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São José dos Pinhais, quando a lei do Executivo for aprovada pelos vereadores, um dos órgãos responsáveis pela fiscalização será a Vigilância Sanitária.

Nos terminais de ônibus de Curitiba, como o Boqueirão e Hauer, o número de pessoas que desrespeitam a lei é bem menor do que no Terminal Afonso Pena. Este terminal de São José dos Pinhais é administrado pela Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec).

[PautaSJP.com]

Compartilhe esta notícia no Facebook: