Começa 1ª Conferência da OAB/PR-SJP

Blog Single
A Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção Paraná, de São José dos Pinhais (OAB/PR-SJP), realiza hoje (13), das 8h30 às 17h30, o segundo dia da 1ª Conferência da entidade. O evento é voltado para a integração e qualificação dos 438 advogados inscritos que também atuam em Agudos do Sul, Fazenda Rio Grande, Mandirituba e Tijucas do Sul, por meio das Comarcas de São José dos Pinhais e Fazenda Rio Grande. Ontem (12), à noite, foram abertos os trabalhos com palestras sobre o Direito Democrático. De manhã à tarde, continua a programação sobre Direito Democrático e a Defensoria Pública no Paraná.

O presidente da OAB/PR-SJP, Dirceu Précoma, agradeceu a presença dos participantes. “A Subseção é uma das únicas entidades de classe que possui sede própria, onde os profissionais recebem apoio da OAB para desempenhar seu trabalho com dignidade. Também aproveito para lembrar os colegas dos cursos realizados na Subseção, com temas muito importantes, como o Direito do Trabalho”, disse o presidente, que lembrou do dia 11 de agosto, “parabenizo a categoria pelo seu dia comemorado nesta semana”, elogiou Dirceu Précoma.

A primeira explanação técnica da noite foi feita pelo advogado com maior experiência na Subseção, Leopoldo Sokolowski, de 85 anos e 57 anos de carreira. “Em minha longa atividade como advogado me especializei na área criminal. Não apenas neste setor, os advogados enfrentam os benefícios e as cobranças da atividade. Quando alcançam sucesso em seus processos são considerados anjos, mas quando ocorre o contrário, somos severamente criticados pelos clientes”, comentou Leopoldo Sokolowski.

Os trabalhos da noite se encerraram com o advogado, também criminalista, Elias Mattar Assad, que discorreu sobre o tema: “A Importância da OAB na Sociedade do Direito Democrático”. Segundo o advogado, a classe apresenta à Justiça as necessidades e desejos da sociedade. “Os clientes chegam nos escritórios com diferentes interesses, e os advogados filtram estes interesses em um processo a ser analisado pelos juízes”, destacou Elias Assad.


STF
Entre importantes assuntos apontados por Elias Matar Assad, o advogado chamou a atenção para as discussões no Supremo Tribunal Federal (STF) que colocam em risco o Exame de Ordem.

“Lembremos o que aconteceu com os jornalistas, que tiveram a exigência do diploma negada, com base na falta de importância científica da profissão. Nos últimos anos, começaram discussões no STF, de que a exigência do Exame de Ordem seria uma forma de limitar o exercício da profissão. Que tenhamos cuidado com estas conversas que podem colocar em perigo a qualidade no exercício da Advocacia”, enfatizou Elias Assad.

[PautaSJP.com]

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: