Cães e gatos recebem vacinas gratuitas contra a Raiva 27-Sep-10

Moradores da região do Guatupê levaram neste final de semana seus animais para terem serviços de prevenção


Mais de 220 cães e gatos foram vacinados gratuitamente contra a Raiva, neste sábado (25), no bairro Guatupê, em São José dos Pinhais. Além deles, outros 73 animais foram cadastrados neste primeiro mutirão que deverá contemplar todas as regionais da cidade. A iniciativa da Prefeitura de São José faz parte do programa de Controle Ético da População Canina e Felina, que está vacinando,cadastrando e implantando microchips além de castrar os animais da cidade.

“Queremos conscientizar a população para a guarda responsável. Não basta alimentar um animal que passa na sua rua, as
pessoas têm que aprender a cuidar e dar todo o suporte que um bichinho necessita. Assim vamos conseguir ter um controle populacional animal e também evitar a proliferação das zoonoses. Estes mutirões vão nos ajudar a acelerar o processo de avaliação, cadastro e agendamento de castração dos animais da cidade”, afirma a secretária do Meio Ambiente, Edilaine Vieira.

Leni Ribeiro da Silva levou seus dois cachorros para serem vacinados. No local, ela já aproveitou para fazer o cadastro dos bichos e entrar na fila para a castração gratuita. “Gostei da iniciativa da Prefeitura”, elogiou ela.

Leonilda Cuchinierk também foi ao mutirão acompanhada de sua filha Ketlin. Elas estavam com o gato e o cachorro da família e fizeram questão de se inscrever para a castração. “Essa atitude vai nos ajudar muito, porque é muito caro cuidar dos animais”, diz.

A próxima região de São José que será passará pelo censo animal e, na seqüência, pelo mutirão de vacinação, é o São Marcos.

O Programa de Controle Ético da População Canina e Felina prevê um conjunto de iniciativas para o controle da população animal do município e de doenças transmitidas pelos bichos. As etapas são: censo, vacinação, implantação de microchips e a castração gratuita.

Quem quiser que o seu animal passe por esses procedimentos deve entrar em contato com a Secretaria de Meio Ambiente ou de Saúde e agendar uma visita em sua casa. Edilaine explica que a visita é necessária porque mesmo que o dono do bicho já tenha levado seu animal para se vacinar e cadastrar em um dos mutirões organizados pela Prefeitura, o veterinário deve ir até a residência para avaliar o bicho antes de agendar a implantação do microchip e castração.

O procedimento cirúrgico vai acontecer em clínicas credenciadas do município e na UFPR, todos com data previamente agendada pela Prefeitura e sem custo para a população de baixa renda. Para que o procedimento seja realizado, será exigida a participação do dono do bicho em um mini-curso sobre guarda responsável.

Em paralelo a todas essas atividades, o Programa Municipal ainda prevê atividades para as crianças das escolas municipais e estaduais de São José para desenvolver atitudes de solidariedade e responsabilidade em relação aos animais.

Assessoria de Imprensa Prefeitura de São José dos Pinhais