Segundo Prefeitura de SJP, documentos em meio a entulhos causam surpresa

Blog Single
Após a derrubada da antiga sede da Prefeitura de São José dos Pinhais, que ocorreu dia 14 de maio, houve reclamações de que documentos oficiais estivessem entre os entulhos que foram revirados pelos tratores. O surgimento deste tipo de material causa surpresa, segundo a Secretaria Municipal de Governo.

O jornalista Antonio Bobrowec, autor de ação judicial que questionava a demolição da casa de 120 anos, para dar lugar a um prédio administrativo, foi até o terreno da Prefeitura, na BR 376, e pegou alguns documentos dos entulhos. “Este material é parte da história e deveria estar, pelo menos, em um arquivo morto”, questiona Antonio Bobrowec.

Ele estava acompanhado da integrante do Comitê de Geminações, Maria Nogueira. “No sábado, após a derrubada da Prefeitura, nós encontramos um cd com imagens da nossa instituição, e ainda no sábado seguimos os caminhões que trouxeram os entulhos até o terreno, onde achamos outros documentos”, critica Maria Nogueira.

Entre os papéis entregues pelo jornalista e a representante do Comitê para o PautaSJP.com, estavam um comunicado ao Poder Judiciário de 2002, assinado pelo prefeito na época, Luis Carlos Setim, um ofício de solicitação de empenho, de 2002, e ofício do Tribunal Regional Eleitoral para a Secretaria de Recursos Humanos, de 2006.

De acordo com o secretário municipal de Governo Miguel Gaslowski, os arquivos poderiam estar em algum local de difícil acesso, e apareceram somente agora. “Como se tratam de documentos de gestões anteriores, acredito que este material pudesse estar em algum local que a equipe de limpeza não teve acesso, como em baixo, no subsolo, ou em cima, no forro”, diz o secretário, que acrescenta sobre as obras de arte que faziam parte do Paço Municipal, “todas as obras do gabinete da Prefeitura foram catalogadas e retiradas para serem expostas em outros locais”, concluiu Miguel Gaslowski.

[PautaSJP.com]

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: