Recursos do BNDES para a nova sede da Prefeitura de SJP podem custar até R$ 34 mi

Blog Single
Após a polêmica quanto à derrubada da antiga sede da Prefeitura de São José dos Pinhais, o Executivo publicou na última sexta (15) a Lei nº 1.796 de 14 de julho de 2011, aprovada pela Câmara de Vereadores, que autoriza a aquisição de crédito no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O edital cita que a Prefeitura pode contrair junto à instituição financeira um empréstimo de até R$ 34 milhões para a construção de duas torres.

O objetivo é a unificação dos órgãos públicos municipais em um mesmo espaço com a instalação de dois novos blocos no terreno da Prefeitura, onde funcionariam quase todas as secretarias.

Além da reestruturação administrativa, o projeto influencia diretamente o comércio na região da Rua XV de Novembro, na medida em que cerca de 2.500 pessoas devem trabalhar no novo local, sem contar as milhares de pessoas que vão em busca do serviço público diariamente.

O valor de R$ 35 milhões não significa o custo da obra, pois trata-se de um teto do quanto a Prefeitura poderá contratar no BNDES. Outras fontes podem ser recursos próprios.

[PautaSJP.com]

Compartilhe esta notícia no Facebook: