Começa eleição do Sinsep. Urnas serão abertas na sede do sindicato e na Prefeitura às 8h. 17-Aug-11

A Chapa 1 se denomina Sindicato É Pra Lutar. Grupo concorre à reeleição na presidência do Sindicato dos Servidores Municipais de SJP

Nelson Castanho (o oitavo da direita para a esquerda) com o grupo que pleiteia a reeleição no comando do Sinsep

Hoje (17), entre as 8h e 18h, será realizada a eleição para o período 2011-2014 da diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São José dos Pinhais. A instituição possui a participação de dois mil trabalhadores, entre cerca de seis mil concursados da Prefeitura. A Chapa 1 – Sindicato é Para Lutar, grupo da situação, tenta a reeleição, encabeçada pelo atual presidente, o advogado Nelson Castanho. O grupo de oposição é a Chapa 2 - Reconstrução Participativa, que lançou como candidato a presidente o condutor socorrista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), o servidor Fabrício Tambolo.

Para Nelson Castanho, a experiência à frente do sindicato é a grande bandeira para a votação. “Tivemos muitos avanços principalmente com maior participação dos filiados nos trabalhos dentro e fora do sindicato, na medida em que sempre enfatizamos a compreensão da estrutura do serviço público, por meio de reuniões e debates em que o servidor entende o seu papel na administração pública e qual a responsabilidade da Prefeitura. Também melhoramos a sede do sindicato e a prestação de serviço, com a contratação de mais funcionários, advogado e jornalista”, aponta Castanho.

Sobre os avanços nas políticas de reivindicações, o presidente lembra a reorganização do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos, e do Estatuto do Servidor. “O retorno na folha de pagamento, como dos Guardas Municipais, aumentou consideravelmente. O resultado das negociações gerou um acúmulo de reajuste salarial de mais de 20%, aumento do piso salarial de nível 21 para um piso de R$ 815,00, incluindo acréscimo no vale alimentação dos funcionários públicos de R$ 6,00 para R$ 14,00”, diz o presidente.

As novas propostas da chapa tratam de implantação de diferentes programas, como nas áreas de Saúde e Segurança. O grupo reivindica redução da carga horária semanal dos funcionários de Saúde de 40 para 30 horas. Organização de medidas preventivas de mapeamento de riscos no trabalho, incluindo a criação do Instituto de Saúde e Segurança.

Quanto as duas grandes greves de servidores que ocorreram neste mandato, Nelson considera que os movimentos foram importantes para retomar o diálogo com a Prefeitura. “Foram questões pontuais em que não havia diálogo, e depois as conversas foram retomadas e há um respeito na relação entre o sindicato e o Executivo”, encerra Nelson Castanho.

Existem urnas instaladas na sede da Prefeitura e do Sinsep, e urnas volantes nas secretarias de maior número de servidores. Chapa 1 – Sindicato é Para Lutar tem como candidata à vice-presidência a servidora Juciane Zuanazzi.

[PautaSJP.com]