Festival Literário de SJP cumpriu papel de despertar gosto pela leitura

Blog Single
O Festival Literário de São José dos Pinhais e Região Metropolitana (Flijo) chegou ao final neste domingo (13). Desde o dia 3 de novembro, crianças e adultos presenciaram diversas palestras, peças teatrais, declamações de poesias, além de uma feira de livro a preços bem acessíveis.

O evento organizado pela Prefeitura de São José dos Pinhais teve como principal objetivo incentivar as crianças a tomarem gosto pela leitura. Através de ações das secretárias municipais de Cultura e Educação, mais de 1500 alunos visitaram o festival. Crianças da rede municipal de ensino, dos colégios estaduais e particulares participaram das atividades educativas, todas gratuitas. Entre estas ações, esteve a contação de histórias feita pela paranaense Cléo Busatto.

Escritores conhecidos como Martinho da Vila, Pedro Bandeira, Sérgio Pereira Couto e Alexandre de Castro Gomes também participaram do festival em São José dos Pinhais, que contou ainda com as participações da consultora e psicoterapeuta Maria Tereza Maldonado, do poeta e cordelista Júnior do Bode, do roteirista Alcione Araújo e do poeta são-joseense Dalton Luiz Gandin.

O sucesso da primeira edição do Festival Literário foi comemorado pelo secretário municipal de Cultura, Christian Bundt. “Cumprimos bem a nossa programação e o papel do festival nestes dez dias, que contou com a presença das nossas escolas em diversas atividades. Com esses encontros realizados no festival, aproximamos mais as crianças dos livros, para que tomem gosto pela leitura”, disse.

Aline Lima, de 11 anos, participou das atividades em São José dos Pinhais e revelou a atenção que dará a leitura. “Aprendi que é muito importante ler livros, que vai nos ajudar no futuro e eu sempre gostei. Minha mãe comprou vários livros no festival e quero ler já nestas férias”, reforçou a menina.

Literatura de cordel, lançamento de livros, mesas redondas e apresentações musicais também fizeram parte do evento literário da cidade. Homenagem aos 71 anos da Biblioteca Pública Municipal Scharffenberg de Quadros, o Encontro Regional de Atendentes de Bibliotecas Públicas do Paraná, a sétima edição do Encontro de Corais, a premiação do Concurso de Linguagens – Prêmio de Literatura Leopoldo Scherner e Prêmio de Fotografia Sebastião Cortes completaram o Festival.

Para Lisandro Vieira, chefe da divisão de Artes Plásticas e Literatura da Secretaria Municipal de Cultura, o mais importante foi a discussão e interação durante o evento. “Tivemos palestras sobre vários assuntos, debates e discussões que contribuirão para a mudança de cultura da cidade. A participação da comunidade, principalmente com as escolas e a troca de experiência com escritores nacionais e locais fizeram o festival cumprir o seu objetivo”, completou.

“A ideia era aproximar as pessoas da poesia e do livro, desmistificando estes elementos como apenas para pessoas ricas ou intelectuais. O festival populariza o livro, formando novos leitores, além de inserir São José dos Pinhais no cenário nacional de lançamentos editoriais”, completou Christian Bundt.

Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São José dos Pinhais

Compartilhe esta notícia no Facebook: