Revitalização da Praça Getúlio Vargas quase pronta

Blog Single
Durante mais de 20 anos, o terminal de ônibus de São José dos Pinhais, na Rua XV de Novembro, envolveu e escondeu um grande ícone cultural da cidade que é vizinho da Catedral, na Praça 8 de Janeiro. A Caixa de Água da Praça Getúlio Vargas mostra novamente a sua beleza com a saída do local de embarque e desembarque de passageiros. Para a inauguração da nova praça, em breve, a Prefeitura prepara a reforma e o anúncio de tombamento desta arquitetura que já é patrimônio histórico pela sua importância.

A Caixa de Água de São José dos Pinhais tem 30 metros de altura e capacidade para 100 m³ de água. O monumento foi inaugurado na gestão do prefeito Atílio Talamini e possui uma placa que marca a realização, em 1965, do 3º Congresso de Engenharia Sanitária no Paraná. A construção foi feita pela Sanepar em outubro de 1966 e está desativada há muito tempo.
O monumento foi a primeira edificação do Brasil a ser construída com concreto protendido, material que gera um sistema de tração no aço e compressão no concreto, melhorando a resistência da estrutura construída.

A edificação da década de 60 receberá pastilhas instaladas de acordo com as características originais e ainda um espelho d’água em volta do monumento e um chafariz com fonte luminosa, que irá valorizá-la.

“A Praça Getúlio Vargas voltará a ser o que era antes da instalação do antigo terminal, um espaço de lazer em São José dos Pinhais. E dentro deste projeto, a revitalização da caixa d’água está incluída, principalmente pelo valor histórico que ela possui para o município”, fala o prefeito Ivan Rodrigues.

Segundo o secretário municipal de Cultura, Christian Bundt, o tombamento do ícone prevê o cuidado com o entorno. “O processo levará em conta que ao redor da caixa d’água não sejam construídos prédios de grande altura, o que diminuiria a visibilidade do monumento”, diz Christian Bundt.

PautaSJP.com e informações da Prefeitura de SJP

Compartilhe esta notícia no Facebook: