Análise dos índices econômicos é uma ótima referência de gestão

Blog Single
Com o fechamento dos dados financeiros ao final do ano, segundo a consultora em Gestão Comercial, Marketing e Inovação, Thais Corrêa Bastos, geralmente os meses de janeiro e fevereiro geram uma diminuição das atividades comerciais, o que proporciona um ótimo período de planejamento de novas ações administrativas para o primeiro e segundo semestre.

“É um momento de projetar o crescimento econômico com base em novas estratégias, pois o aumento de vendas não necessariamente significa mais dinheiro em caixa. Os índices financeiros nos fornecem muitos dados que ajudam na avaliação da rentabilidade das empresas, do resultado real, além de proporcionar uma melhor administração”, comenta Thais Corrêa Bastos, diretora comercial da MADE Management.

A MADE Management atende empresários do ramo varejista como supermercados, materiais de construção, vestuário e todo o modelo de negócio que estiver relacionado ao varejo. “Realizamos um trabalho em um mercado de bairro que tinha mais de 10 mil itens de marcas diferentes em suas prateleiras. Com base no público alvo, reduzimos a exposição de produtos para cerca de seis mil itens, o que resultou em melhor compra, possibilitando aquisição de mais produtos de um mesmo fornecedor, o que garantiu um maior rendimento de caixa. Com mais espaço pode-se investir em melhorias na parte da exposição das mercadorias, fachada, entre outros detalhes”, aponta Thais Bastos, que avalia a necessidade de conscientização.

“Os empresários devem entender a importância dos controles e indicadores de desempenho, em todos os setores, como contabilidade, recursos humanos, compras, logística, entre outros. O objetivo final da assessoria é a auto-suficiência gerencial”, conclui a especialista.

PautaSJP.com


Compartilhe esta notícia no Facebook: