Retirada de lama no Rio Pequeno causa polêmica

Blog Single
São José dos Pinhais faz parte do programa de desassoreamento do Governo do Estado. Em diferentes áreas, como no Parque São José, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente, por meio do Instituto Águas do Paraná, realiza a retirada de lama. Nesta semana, os trabalhos são no Rio Pequeno, na bacia do Rio Pequeno, no Jardim Fênix, ao final da Rua Marechal Hermes. A passagem de tratores em cima da mata ciliar causou polêmica.

Algumas pessoas que acompanhavam os tratores relataram derrubada da mata ciliar. Segundo técnicos do Instituto Águas do Paraná que estavam na obra, para que as máquinas cheguem ao leito do rio é necessário o acesso pela mata, em uma margem de até sete metros no máximo, conforme padrão do instituto. O PautaSJP.com procurou a Assessoria de Imprensa do órgão e até a produção da reportagem não houve retorno. Informaram que o jornalista responsável estava de férias e um engenheiro faria o contato.

De acordo com a secretária de Meio Ambiente de São José dos Pinhais, Edilaine Vieira, a ação é feita em parceria com a Secretaria de Estado e o trabalho foi planejado. “O acesso ao rio é difícil e após a conclusão do trabalho vamos avaliar se houve danos ambientais. Caso isto tenha ocorrido, faremos a recomposição da mata. O acesso dos tratores será fechado para evitar invasões”, projeta Edilaine Vieira.

O contrato de autorização da obra, entre a Prefeitura de São José dos Pinhais e a Secretaria de Estado, trata da limpeza e desassoreamento do Rio Pequeno em uma extensão de 11,4 km para controle de cheias, com detalhe para a preservação: “o Rio Pequeno apresenta grande área de mata ciliar que deve ser preservada”, diz o documento.


Invasões
Ontem (19), a Guarda Municipal retirou três famílias situadas em locais de invasão nas proximidades do Rio Pequeno, na Rua Marechal Hermes. Com a construção de uma estrada de acesso para os tratores do Instituto Águas do Paraná, em poucos dias, as famílias passaram a morar no local.

PautaSJP.com

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: