Patrimônio de candidatos a prefeito de SJP é dez vezes maior que dos candidatos de CTBA

Blog Single
Candidatos a prefeito de São José dos Pinhais, segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), são bem mais ricos do que os sete candidatos a prefeito de Curitiba somados. Os postulantes curitibanos chegam a R$ 10,4 milhões em patrimônio individual. Ratinho Junior (PSC) é o nome mais abastado financeiramente da Capital, com R$ 7,5 milhões. São José dos Pinhais possui cinco candidatos ao Executivo, sendo que três somam mais de R$ 100 milhões, em total de R$ 101.849.891,18.

O ex-prefeito e deputado federal Luiz Carlos Setim (DEM) possui R$ 8.120.544,17 na sua declaração individual, valor menor que o prefeito Ivan Rodrigues (PSD) R$ 29.562.674,93, e menor ainda que o empresário Rodrigo da Rocha Loures (PMDB), com R$ 64.166.672,08.

Os três são empresários. Ivan é industrial da área metal mecânica, Setim é dono de frigorífico e Rocha Loures proprietário da indústria Nutrimental. Os outros candidatos da cidade são a médica Carla Gapski (PSDC) que declarou patrimônio de R$ 10 mil e o jornalista José Rodrigues (PCB) que indicou R$ 75 mil.

O limite de gastos da campanha de Rocha Loures, com duas legendas (PMDB-PV), denominada São José dos Pinhais – A Cidade Que Sonhamos, é R$ 1,5 milhão. A coligação de Ivan Rodrigues, via 12 partidos (PSD-PT-PSC- PDT-PCdoB-PRB- PPL-PR-PSL-PMN-PHS-PRTB), intitulada Consolidar É Preciso, tem como teto R$ 3 milhões. A campanha de Luiz Setim, com sete partidos (PP-PTB-DEM-PSB-PRP-PSDB-PTdoB), denominada União Por São José, declarou limite de R$ 5 milhões.

A coligação PSDC-PPS de Carla Gapski se chama São José Pode Mais, com limite de gastos em R$ 10 milhões. Quanto a José Rodrigues do PCB, sem coligação e denominação de campanha, o teto de gastos é R$ 500 mil.

PautaSJP.com

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: