TRE autoriza coligação PMDB-PV

Blog Single
[Atualizado às 20h]

A assessoria da coligação São José - A Cidade Que Sonhamos, do candidato a prefeito Rodrigo da Rocha Loures (PMDB), disparou comunicado, na manhã de hoje (20), que conseguiu prorrogar no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) a decisão pronunciada nesta semana de inclusão do Partido Verde (PV) na coligação Consolidar é Preciso, do prefeito e candidato a reeleição Ivan Rodrigues (PSD).

A coligação do ex-vereador Marcos da Vidofer, do PV, como candidato a vice-prefeito na chapa com Rocha Loures está sendo questionada na Justiça Eleitoral por membros do ex-diretório municipal do PV.

'O Juiz Ricardo Augusto Reis de Macedo, da 8ª Zona Eleitoral de São José dos Pinhais, autorizou na data de ontem, quinta-feira (19), o candidato Rodrigo Rocha Loures e a Coligação “São José – A Cidade que Sonhamos”, formada pelo PMDB e PV, a continuarem a campanha eleitoral', diz a nota.

Ainda segundo a coligação SJ - A Cidade Que Sonhamos, na decisão Ricardo Macedo consigna que “o artigo 16, Lei 9.504/97, possibilita a realização de campanha eleitoral até mesmo de Candidato que está ‘sub judice’, o que certamente nem é o caso do Candidato do PMDB”.

Portanto, a coligação PMDB-PV poderá ir às ruas, mas em caráter provisório, pois quanto a participação do PV na coligação de Ivan Rodrigues isto será julgado definitivamente nos próximos dias.


Decisão anterior
No dia 15 de julho, a decisão, também de Ricardo Augusto Reis de Macedo, suspendeu o registro da candidatura da coligação PMDB-PV em São José dos Pinhais. 'A decisão liminar acatou pedido do presidente da executiva municipal do Partido Verde (PV) de São José dos Pinhais, Gelcines Rodecz, e do 1º vice-presidente, Paulo Roberto Della Giacomo, que exigia a manutenção do apoio à chapa do prefeito e candidato à reeleição Ivan Rodrigues definida em convenção oficial da executiva municipal do PV em 23 de junho', informava o documento.

PautaSJP.com

Compartilhe esta notícia no Facebook: