PautaSJP.com entrevista Carla Gapski a 17 dias das eleições

Blog Single
O PautaSJP.com entrevista a candidata Carla Gapski (Coligação São José Pode Mais – PSDC/PPS) a pouco mais de duas semanas da eleição. Responsável pela primeira candidatura de uma mulher na história da cidade para a Prefeitura, a médica otorrinolaringologista se divide entre os atendimentos em sua clínica e encontros com os eleitores. No domingo, dia 23 de setembro, ela participa do último debate dos candidatos à Prefeitura na TV, sendo no canal 06, da CNT, às 11h30. O PautaSJP.com acompanhará os bastidores das explanações. Outro debate, na Rádio Mais AM 1120, está sendo organizado para ocorrer dias antes da data de votação (07 de outubro).

1 PautaSJP.com - Como está a campanha a 17 dias da eleição?
Carla Gapski - É uma campanha modesta mas com grande número de voluntários e grande aceitação nos bairros, em reuniões nas casas das pessoas e distribuição do material de divulgação. Estes voluntários são familiares, amigos e também pacientes que conhecem o nosso trabalho como médica. O candidato a vice-prefeito em Curitiba, deputado federal Rubens Bueno, na coligação do prefeito Luciano Ducci, gravou um vídeo nos apoiando.

2 PautaSJP.com - O seu partido o PSDC e a legenda aliada, o PPS, estão contribuindo com a camapanha?
CG - Temos apoio da Executiva Estadual do PSDC, mas financeiramente não.

3 PautaSJP.com - Houve boatos de desistência de sua candidatura. Foi apenas na internete?
CG - Aproveito para desmentir estes boatos da internete de que teria desistido da eleição, o que é uma inverdade. Escreveram que eu teria desistido para apoiar candidato A, depois candidato C. Vou até o fim e acredito na vitória.

4 PautaSJP.com - A Saúde continua a ser a sua principal bandeira?
CG - Cada vez mais a gente conversa com a população e sente que a Saúde está deficiente em São José, seja no atendimento nos postos de Saúde e distribuição de medicação. E também a Educação, pois é outra área prioritária que precisa de mais educadores e com qualidade.

5 PautaSJP.com - O que a candidata pensa sobre a liberdade de imprensa? E como a senhora vê esta questão de em São José o jornal A apoiar escancaradamente o candidato B e o jornal C apoiar diretamente o candidato D?
CG - A liberdade de imprensa é pré-requisito de uma Democracia. O ideal é a imprensa, na campanha eleitoral, dar o mesmo espaço para todos os candidatos. Quer apoiar um candidato faça um apoio à parte. Pegue a gráfica e rode um jornal especificamente para apoiar um candidato. Fazem matérias nos jornais que parecem propaganda de A, B ou C, o que considero injusto.

6 PautaSJP.com - Um dos assuntos mais comentados nos debates foi a integração do transporte coletivo. São 61 mil passageiros que andam de ônibus dentro de São José e metade, sendo 35 mil, que saem da cidade. Matematicamente não vale a pena integrar, pois ainda haverá aumento da passagem para quem não se desloca para fora, não é mesmo?
CG - Acredito que são necessários mais estudos para não onerar quem paga essa passagem, para a Prefeitura e quem paga a passagem do trabalhador que são as empresas. É importante ainda a discussão com a população porque depois que integrou é difícil reverter.

7 PautaSJP.com - Sendo a primeira participação feminina de uma candidatura na história do município à Prefeitura, como vê este momento político?
CG - As mulheres estão em vários cargos importantes e presentes nas eleições, como em nível federal, pois vimos a participação da presidente Dilma e da ex-senadora Marina Silva. Não é o caso de substituir os homens na política, pois se houvesse somente mulheres não seria benéfico. A mistura, como faz parte da população em geral, é importante.

8 PautaSJP.com - Ao contrário de 2008, os cinco candidatos nesta eleição a prefeito não apresentam propostas. Falam apenas em aplicar recursos, porém, não dizem de que forma. Por que não há propostas neste ano?
CG - Da minha parte, nós temos projetos, porém, a parte visual é custo de campanha. Temos projetos como abrir as escolas no fim de semana, mas essas ideias não estão no papel porque não foram aplicadas graficamente.

9 PautaSJP.com - Quanto aos órgãos de Segurança, a Guarda Municipal, Polícia Militar e Polícia Civil?
CG - Penso que cada órgão de Segurança tem uma forma de agir e a estratégia em comum não é bem estruturada. Existem acidentes de trânsito que são atendidos pela Guarda Municipal. A Delegacia da Mulher e do Adolescente não tem plantão à noite. Precisamos de mais estrutura por parte do governo do Estado, pois somos o terceiro município em arrecadação e repassamos muitos impostos para o Estado. Enfim, uma integração quanto a estratégia dos três órgãos.

10 PautaSJP.com - Palavra livre candidata Carla Gapski?
CG - Falo para meus eleitores que não vou desapontá-los e acredito na vitória. Se não der certo manteremos a cabeça erguida e tentaremos de novo.

PautaSJP.com

Compartilhe esta notícia no Facebook: