Candidatos a prefeito de SJP se confrontam em debate na Rádio Mais AM 1120

Blog Single
O PautaSJP.com acompanhou direto dos estúdios da Rádio Mais AM 1120, centro de São José dos Pinhais, o último debate entre os candidatos a prefeito. Os concorrentes à eleição desta semana, domingo 07, se dividiram entre as apresentações de projetos e ataques à administração atual e anteriores.

O primeiro bloco teve sorteio dos temas e responsáveis pelas perguntas e respostas entre o prefeito Ivan Rodrigues, Coligação Consolidar É Preciso (PSD/PRB/PDT/PT/PSL/PSC/PR/PRTB/PHS/PMN/PPL/PCdoB), o deputado federal Luiz Setim da Coligação União Por São José (PSDB/DEM/PSB/PTB/PP/PTdoB/PRP), o empresário Rocha Loures da Coligação São José a Cidade Que Sonhamos (PMDB-PV), a médica Carla Gapski da Coligação São José Pode Mais (PSDC-PPS) e José Augusto da candidatura do PCB.

Os assuntos explanados para os ouvintes na primeira parte trataram de Educação, Transporte Coletivo, Lazer e Esporte, Segurança e Saúde, em 24 participações, em um formato que incluiu também nos outros blocos a réplica e tréplica dos participantes.

No segundo bloco, nos temas livres entre os sorteados, as atenções de Rocha Loures, José Augusto e Carla Gapski se voltaram para Ivan e Setim. Ivan Rodrigues foi questionado pelos adversários sobre as investigações do Ministério Público do Paraná (MP-PR) nas terceirizações do Hospital São José. Ivan disse que após as respostas ao MP o processo foi arquivado.

A principal queixa dos adversários de Setim foi o caso da acusação de aterramento e informações privilegiadas na construção e venda de apartamentos, pela sua família, no bairro Cidade Jardim. O deputado e ex-prefeito rebateu que todo o projeto e obra tiveram a aprovação da Prefeitura na gestão Ivan.

Para o diretor e apresentador da Rádio Mais, e mediador do debate , o jornalista Ricardo Chab, foi um embate típico de rádio. “Chegamos, em quase três horas de programa, a um resultado tipicamente de debate de rádio, com a possibilidade ampla dos candidatos falarem de suas propostas e poderem questionar quando fosse possível”, avalia Ricardo Chab.

PautaSJP.com

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: