Segundo Estado e Prefeitura de SJP, agora, obras da Copa saem do papel

Blog Single
São José dos Pinhais possui quatro acessos em direção ao Sul do País. É pela Avenida das Torres e Avenida das Américas por onde passam as pessoas interessadas em embarcar ou desembarcar no Aeroporto Internacional Afonso Pena, que será porta de entrada para os quatro jogos da Copa do Mundo 2014 na Capital. Em outubro, o governador Beto Richa homologou os projetos para as obras do chamado PAC da Mobilidade, com investimento de cerca de R$ 70 milhões. Ontem (17), foi a vez da Prefeitura de São José dos Pinhais anunciar que avalizou as propostas que poderão sair do papel.

O Projeto Corredor Aeroporto-Rodoferroviária (Avenida das Torres/Avenida Comendador Franco) compreende o trecho entre a divisa do município de Curitiba e acesso ao Aeroporto Afonso Pena. A obra tem custo de R$ 47 milhões, prevê a reforma e requalificação de 9,83 km e tem prazo de 16 meses para conclusão.

Entre as mudanças desse trecho, estão previstas a construção de duas pontes, uma sobre o rio Iguaçu e outra sobre Canal Extravasor, implantação de via marginal à Avenida das Torres interligando a Avenida Salgado Filho à Rua Joaquim Nabuco, implantação de trincheiras para veículos, readequação de ruas, requalificação de vias de acesso e saída do aeroporto e construção de ciclovias.

Já o Projeto Corredor Marechal – Avenida das Américas compreende 3.410 metros, com início na ponte do Rio Iguaçu e término na BR-376. O custo total é de aproximadamente R$ 21 milhões. O prazo da execução é de 15 meses.

Ainda estão previstas no projeto a construção de ponte sobre o Canal Extravasor do Rio Iguaçu; implantação de pista central para circulação exclusiva do transporte coletivo (chegada do ônibus ligeirão); e requalificação da via com implantação de ciclovias e restauração do asfalto. Implantação de duas trincheiras, uma no cruzamento da Avenida das Américas com a Rua Doutor Claudino dos Santos e outra no cruzamento da Avenida das Américas com a Rua Joaquim Nabuco.

“A implantação do Corredor Marechal Floriano representa um legado permanente da realização da Copa do Mundo no Paraná. A população de São José dos Pinhais será a grande beneficiada, porque ganhará um acesso novo e muito melhor à Capital”, afirmou o governador Beto Richa, na época.

Para a diretora do Departamento de Planejamento Territorial e Urbano da Secretaria de Urbanismo de São José dos Pinhais, Lorreine Santos Vaccari, além do desenvolvimento dos projetos, o município participa com o acompanhamento da implantação e o trabalho com o tráfego durante o desenvolvimento das obras.

“Todas as questões de circulação e de desvios de tráfego foram estudadas pela Secretaria de Urbanismo e pelo Departamento de Trânsito e as medidas serão implantadas à medida que a obra avança”, diz Lorreine Vaccari.

As obras serão vistoriadas pela Prefeitura e Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec). O financiamento é do Governo Federal. Trabalharão funcionários da Empresa Curitibana de Saneamento e Construção Civil (Empo), que ganhou a licitação.

PautaSJP.com

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: