Polêmica nos cachês dos músicos no Virada Cultural 2013

Blog Single
Dia 26 de outubro (sábado), São José dos Pinhais terá shows do Virada Cultural. Esta ação do Governo do Paraná, de 19 a 26 do mês, acontece em várias cidades com mais de 80 atrações e ações que envolvem eventos culturais em geral. As apresentações musicais do dia 26 ocorrem na Praça do Verbo Divino, incluindo show da cantora de MPB Zélia Duncan. A Gazeta do Povo traz na edição de hoje (21) polêmica em relação a diferença dos cachês pagos aos músicos na edição 2013 do Virada Cultural.

Desconhecida fora do meio MPB, Duncan receberá R$ 107 mil pela apresentação são-joseense, o valor mais alto entre 39 atrações musicais. Também estará no palco de São José dos Pinhais a banda de reggae Planta e Raiz, a R$ 22 mil. O cantor e violeiro Almir Sater, muito mais conhecido no mercado fonográfico, receberá R$ 50 mil em Cornélio Procópio.

O Virada Cultural é promovido pelo Governo do Estado em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura e Departamento de Trânsito do Estado (Detran), e conta ainda com o apoio do Sesi-PR, Sesc-PR e das prefeituras municipais. O investimento total pelo governo do Paraná, também com teatro, artes plásticas, fotografia e outras expressões artísticas, será de R$ 5 milhões.

Em entrevista para a reportagem da Gazeta, a coordenadora da Virada Cultural Paraná, Luci Daros, disse que as despesas de transporte, hospedagem, diária e alimentação estão incluídas nos cachês, que estariam dentro dos valores de mercado para espetáculos.

“Entramos em contato com aproximadamente cem artistas. A partir do valor proposto pelos mesmos, realizamos as negociações para chegarmos a um bom termo tanto para a Secretaria quanto para o artista”, explicou Luci Daros.


Cachês
Zélia Duncan - R$ 107 mil
Gaby Amarantos - R$ 70 mil
Fundo de Quintal - R$ 69 mil
Sandra de Sá - R$ 59 mil
Almir Sater - R$ 50 mil
Teatro Mágico - R$ 50 mil
Fafá de Belém - R$ 50 mil
Paulo Tatit e Sandra Peres - R$ 47 mil
Wanderléa - R$ 35 mil
14 Bis - R$ 31 mil
Raimundos - R$ 31 mil
Sá & Guarabyra - R$ 30 mil
Jair Rodrigues - R$ 29 mil
A Banda Mais Bonita da Cidade - R$ 25 mil
Planta e Raiz - R$ 22 mil
Karol Conka - R$ 20 mil
Rosa Armorial - R$ 10,5 mil
Serenô - R$ 10 mil
MUV - R$ 10 mil
Samba da Tradição - R$ 10 mil
Trio Quintina - R$ 10 mil
Banda Gentileza - R$ 10 mil
Maxixe Machine - R$ 9,5 mil
Viola Quebrada - R$ 9 mil
Djambi- R$ 8,4 mil
Big Time Orchestra - R$ 8 mil
Esperanza - R$ 8 mil
Tony Caster - R$ 7,5 mil
Charme Chulo - R$ 6,6 mil
Mundaréu - R$ 6,5 mil
Real Coletivo Dub - R$ 6,3 mil
Humanish - R$ 6 mil
Molungo - R$ 6 mil
Julião Boêmio - R$ 5 mil
Locomotiva Duben - R$ 4,8 mil
Manchinha - R$ 4,5 mil
Supercolor - R$ 3,5 mil
Pallets - R$ 2,8 mil
Uh La La! - R$ 2,7 mil

PautaSJP.com e informações Gazeta do Povo

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: