Para quem o mundo não é uma bola

Blog Single
Quase 200 mil são-joseenses ligados na televisão para ver o jogo do Brasil com o México. Era a segunda de três partidas válidas pela fase de grupos da Copa do Mundo. A referência de quase é devido a uma mínima parcela que estava na cidade ontem (17) e que não se interessa pela Seleção e por futebol. Durante reportagem do PautaSJP.com, o site de notícias encontrou pessoas que aproveitam o “semi-feriado” de forma diferente.

O casal de namorados Gabriel Daz e Maitê Ferreira até foi a um bar tradicional em dias de jogos mas apenas para conversar e tomar uma cerveja. “Não gostamos de futebol e também não faz diferença o que acontece na época da Copa. Somos mais ligados em cinema e música”, fala Gabriel Daz.

Enquanto as ruas estavam vazias, André Luz passeava de bicicleta. “Saí do trabalho fui para em casa e resolvi aproveitar o tempo de folga para andar de bike com as ruas sem carros”, diz André Luz.

A Praça do Verbo Divino estava cheia de jovens, mas sem bola rolando. “Este é o meu esporte e ele é sobre rodas”, resume Raul Schier, que estava acompanhado de vários skatistas.

PautaSJP.com

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: