Enquanto “Trincheira do Bradesco” não sai, Pref. SJP licita a da Arpo

Blog Single
A Prefeitura de São José dos Pinhais publicou ontem (07) edital de concorrência pública que abre o processo de contratação de empresa para a construção de uma trincheira na altura da BR 376 com a Alameda Arpo. O projeto é importantíssimo para bairros que passaram a ter grande ocupação, como Jardim Cruzeiro e Costeira, porém, a proposta não chega ao principal enrosco do trânsito na região que é a futura “Trincheira do Bradesco”, entre a BR 376 e a Rua Joinville.

O impasse naquele local entre Prefeitura e o governo federal, via o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), já dura mais de 20 anos. O motivo é que a municipalização do trecho ficou pela metade. Do portal de entrada na cidade pela Avenida das Torres até a trincheira da Rui Barbosa a autonomia é da Prefeitura, mas da Rui Barbosa até o início da concessão do pedágio, no contorno, a responsabilidade ainda é do DNIT.

Segundo a Prefeitura, além da trincheira da Arpo, a empresa contratada ficará responsável pela aplicação de nova pavimentação, com drenagem, paisagismo e sinalização de trânsito na Alameda Arpo, no trajeto entre a Avenida das Torres até a Rua Ponta Grossa. A previsão, após assinatura de autorização, é de que a obra seja concluída em 270 dias. A estimativa de custo da Secretaria Municipal de Viação e Obras Públicas é de R$ 10 milhões.

PautaSJP.com

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: