Adolescentes de SJP fazem aulão para concurso na Guarda Mirim

Blog Single
No começo dos anos 80, era comum nas empresas de São José dos Pinhais a presença de adolescentes uniformizados da Guarda Mirim que trabalhavam em tarefas comuns do setor administrativo. A capacitação, implantada pela Prefeitura, se tornou uma tradição na cidade para a conquista do primeiro emprego, porém, nos anos 90, restrições do Ministério do Trabalho praticamente terminaram com o convênio entre a Guarda Mirim e as empresas. Cerca de uma década depois, houve a inclusão no Programa Jovem Aprendiz e a oportunidade de trabalho para meninos e meninas retornou. Recentemente, mais de 100 alunos do Colégio Estadual Juscelino Kubitschek participaram de aulão com o objetivo de passarem no teste da Prefeitura.

“Não tenho nenhum conhecido que seja ou foi guarda mirim mas a minha família me explicou que seria muito bom para o currículo e por isso vou fazer o teste”, comenta Vinicius Mateus Andrade, que tem 14 anos, mora no Quississana e frequenta o primeiro ano do segundo grau no Juscelino Kubitschek.

Também com 14 anos e aluna no oitavo período do Juscelino, Sofia Ramos Jaworski reside no Jardim Aeroporto e é outra interessada que foi incentivada pela família. “Existe a chance de trabalhar em grandes empresas e imagino que será muito bom para a minha carreira”, projeta Sofia Ramos Jaworski. A prova, que selecionará 500 guardas mirins, será dia 19 de outubro.

A qualificação no Colégio Estadual Juscelino Kubitschek começou há três anos. “Iniciamos estas aulas de reforço de Matemática, Português e conhecimentos gerais com 30 alunos e neste ano já são mais de 100 participantes, incluindo estudantes de outras escolas. O horário é diferenciado, das 17h30 às 19h. Eles possuem 14 anos e acreditamos na importância da Guarda Mirim como apoio na formação da cidadania dos jovens”, destaca a vice-diretora do colégio, Célia da Costa.

O tempo de trabalho do jovem aprendiz é reduzido para que não atrapalhe os estudos, devendo ocupar no máximo seis horas por dia. A remuneração é diferenciada, sendo proporcional ao tempo de trabalho, com recebimento de benefícios como: vale transporte, alimentação, férias e 13º salário.

PautaSJP.com

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: