Grupo de Estudo e Apoio a Adoção de SJP faz curso aos interessados

Blog Single
Entre os pais que adotam crianças e jovens, existe a referência de que se tratam de famílias de coração. Apesar da importância do amor para fazer valer o ato de adoção de quem não nasceu na família, como em todas as questões de vínculo familiar, há muitas particularidades que poderão ser esclarecidas via o Projeto Romã - Grupo de Estudo e Apoio a Adoção de São José dos Pinhais, que realiza curso gratuito aberto a interessados. Serão quatro encontros aos sábados nos dias 01, 08, 22 e 29 de novembro, das 9h às 12h, na Faculdade FAE SJP. Informações no Face Projeto Romã.

O trabalho tem apoio dos alunos do curso de Direito e Administração da FAE. “Informamos sobre o que realmente significa a adoção, quem pode adotar, por quê e como fazer isso”, adianta José Carlos Marinho, um dos fundadores do Romã.

Como parte das dificuldades, preconceito social e morosidade legal estão no topo da lista. Entre os avanços, mais discussões e informações sobre o tema, resultando em mais pessoas interessadas em adotar.

O Estatuto da Criança e do Adolescente define a adoção como alternativa para garantir o direito a convivência familiar e comunitária aos que perderam a proteção de sua família de origem, ou nunca a tiveram. A lei, no artigo 41, determina que com a adoção todos os vínculos entre a criança ou adolescente e seus pais ou parentes biológicos são rompidos, concedendo ao adotado a condição de filho, com os mesmos direitos e deveres, inclusive sucessórios. Sendo assim, a adoção é irrevogável.


Quem pode adotar?
Pessoas maiores de 18 anos, solteiras, casadas, separadas, viúvas, ou que convivam materialmente, desde que sejam pelo menos 16 anos mais velhas do que a criança ou adolescente. Avós ou irmãos não podem adotar, mas podem pedir a guarda ou tutela da criança ou adolescente. Tios e tias podem adotar.


Por que adotar?
Para dar à criança e adolescente o direito já lhe concedido por lei de viver em uma família (Art.19 do Estatuto da Criança e do Adolescente)


Como adotar?
*Procurar a Equipe Técnica da Vara da Infância e Juventude de São José dos Pinhais (situada no Fórum Cível, na Rua João Angelo Cordeiro, s/nº, Centro), das 13h às 18h, de segunda a sexta.
*Providenciar a documentação exigida e prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente.
*Requerer a inscrição para a adoção.
*Participar do encontro para pais promovido pelo Grupo Romã. (www.adotasaojose.com.br)

PautaSJP.com

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: