Aumento de vereadores em SJP teve crescimento de baixarias

Blog Single
[Atualizado às 10h30]

Com as eleições de 2012, por meio do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o número de vereadores aumentou em várias cidades. No caso da Câmara de São José dos Pinhais, de 14 cadeiras, houve a ampliação para 21 cargos. O crescimeno de mais representatividade da população propagado pelo TSE até agora não gerou qualquer projeto interessante para a cidade, porém, os ânimos ficaram mais exaltados e atos de baixaria tomaram conta dos bastidores dos gabinetes.

O nervosismo não é aparente para a população porque os descontentamentos sempre ocorrem no corredor de acesso do Plenário aos escritórios políticos. Assim que saiu da sessão da última terça (11), o vereador Onildo dos Santos, do partido Solidariedade, que era do PT, discutiu com o vereador Abelino de Sousa, do PT.

Onildo confirmou ao PautaSJP.com o desentendimento e diz que na sessão de hoje (13) tudo foi resolvido quanto seu questionamento em relação a autoria de um projeto. \\\"Agora tá sossegado\\\", resumiu Onildo. Abelino também confirma o bate boca e nega que tenham chegado às vias de fato. \\\"Ele tentou me dar um chute mas não conseguiu\\\", comentou Abelino.

Outro assunto que tem deixado os legisladores nervosos é a eleição para a Mesa Diretiva 2015/2016. No dia 14 de outubro, vereadores de apoio ao presidente da Câmara, Sylvio Monteiro, se desentenderam com colegas que querem eleger outro nome de liderança na diretoria e bateram boca no corredor de acesso.

Em maio também deste ano, o vereador Leandro da Nifer (PHS), quando conversava com manifestantes que participavam de um evento na Câmara, ficou bravo com um rapaz que protestava contra as condições no transporte coletivo e partiu para a briga. O vídeo gravado em celular, e divulgado no Youtube, mostra o vereador descontrolado e querendo agarrar o manifestante.

Na época, Leandro rebateu as acusações de descontrole dizendo que quando percebeu que os ânimos estavam exaltados teria se negado a conversar e saiu de perto dos manifestantes. “Eu avisei para desligarem as câmeras”, disse Leandro da Nifer. A reportagem vai acompanhar a sessão de hoje para trazer mais informações dos últimos acontecimentos.

PautaSJP.com

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: