Hemepar destaca maior participação em doação de sangue


Período de férias é época de menor voluntariado, porém a passagem 2014/2015 foi muito boa. Em São José dos Pinhais, campanha é via a unidade móvel.

Blog Single Grande presença de doadores surpreendeu positivamente neste fim de ano
A solidariedade dos paranaenses neste período de férias tem mantido os estoques de sangue em níveis seguros no Estado. Após o apelo do Hemepar para que as pessoas doassem sangue antes de viajar, o número de coletas aumentou e garantiu o abastecimento dos 384 hospitais atendidos pela hemorrede estadual. Entre as unidades hospitalares que recebem o apoio da rede, está o Hospital São José dos Pinhais, também ponto de divulgação da campanha. Em frente ao Pronto Socorro, no Posto de Saúde, acontece em todas as últimas quartas do mês a coleta via o ônibus do Hemepar.

Durante os oito dias úteis entre o feriado de Natal e Ano-Novo, as 22 unidades do Hemepar no Paraná receberam 3.749 doadores voluntários. O maior movimento foi registrado na unidade de Curitiba, com 1.058 doações. No dia 30 de dezembro, por exemplo, havia pessoas à espera para doar sangue mesmo após o fechamento da unidade, às 18h30.

De acordo com o diretor-geral do Hemepar, Paulo Hatschbach, os números registrados superaram as expectativas para esta época do ano. “Tínhamos um receio de que houvesse uma queda de 30% no número de doações. Contudo, o que aconteceu foi um aumento de 18,5% em relação ao mesmo período de 2013”, destacou.

Em dezembro de 2014, a hemorrede estadual recebeu 12.194 doações, contra 10.290 coletas no ano anterior. “A população atendeu ao nosso pedido, se sensibilizou e veio doar sangue. Isso mostra que o povo paranaense é solidário e sempre responde quando mais precisamos”, enfatizou Hatschbach.

O Hemepar começa a se preparar agora para outro período crítico, o Carnaval. O aumento nos índices de acidentes de trânsito preocupa as autoridades de saúde, pois faz com que a demanda por bolsas de sangue e hemoderivados também cresça.

Segundo Hatschbach, o ideal é que as pessoas se programem para doar sangue nos dias que antecedem o Carnaval. “A coleta será suspensa na segunda e na terça-feira de Carnaval. As unidades só voltam a funcionar na quarta-feira de cinzas, após o meio-dia”, informou.


Como doar
Para se tornar doador é preciso ter de 16 a 69 anos, passar por uma breve entrevista e ser considerado apto nos exames solicitados. Homens podem doar sangue a cada dois meses, enquanto as mulheres têm que aguardar o intervalo de três meses entre cada doação. Cada bolsa de sangue pode beneficiar até quatro pessoas, visto que o sangue pode ser utilizado integralmente ou de forma fracionada em hemácias, plaquetas, plasma e crioprecipitado.

PautaSJP.com e informações do governo do Estado

Compartilhe esta notícia no Facebook: