Detran-PR aponta mais 74% de jovens motoristas em quatro anos

Blog Single
Hoje, 30 de março, é o Dia Mundial da Juventude. De olho na data comemorativa, o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) aponta que os jovens condutores somam 899.969 pessoas e representam 17,5% dos mais de 5 milhões de habilitados cadastrados no Paraná. Nos últimos quatro anos, crescimento na primeira habilitação entre 18 e 24 anos cresceu 74%. Dos habilitados em 2014 no Estado, 324.090 conquistaram a CNH para dirigir motocicleta e carro (categoria “AB”). Já 199.708 têm permissão para conduzir somente carros (categoria “B”).

“De 2010 a 2014, o número de mulheres, que conquistou a CNH subiu 123%. Elas somavam 21.924 e chegaram a 48.457. No mesmo período, o número de homens nesta faixa etária cresceu 56%, passando de 45.061 para 70.237”, informa o diretor-geral do Detran, Marcos Traad. Ele acrescenta que a cada ano cresce a demanda pela CNH. Em 2010, foram pouco mais de 158 mil novos condutores registrados. “Hoje, trabalhamos com o aumento anual de 17%. Por isso, o Governo do Paraná atua para tornar o Detran mais moderno e ágil. São investimentos em tecnologia, infraestrutura, capacitação de servidores e educação para o trânsito”, diz o diretor-geral.

No ano passado, o Departamento chegou à marca histórica de 1.172.670 exames práticos realizados em todo o Estado. O número é o maior já registrado pelo órgão – a alta foi de 19,6% em relação a 2013, quando 980.308 testes foram aplicados.

Para dar conta da grande demanda, o Detran promove diversos mutirões nos fins de semana ou com equipes extras que dão apoio operacional nas cidades com maior procura. Em 2014, foram abertas 8.007 vagas por meio deste tipo de ação. Nos últimos quatro anos, foram 46.334 pessoas atendidas.

Independente da faixa etária, os homens ainda são a maioria dos motoristas com menos de um ano de CNH e somam 64% dos novos condutores. As mulheres respondem por 36%, mas a procura delas pela habilitação tem aumentado em uma proporção bem maior nos últimos.

PautaSJP.com e informações do governo do Estado

Compartilhe esta notícia no Facebook: