Provisoriamente, será liberado fluxo por baixo das trincheiras em construção da Claudino dos Santos e Joaquim Nabuco. Prazo do governo do Estado para finalização do PAC da Copa continua para setembro.

Blog Single
A crise financeira do Governo do Paraná continua a respingar na finalização das obras do PAC da Copa do Mundo em São José dos Pinhais. São quatro grandes projetos, sendo as trincheiras da Avenida das Torres, do Aeroporto Afonso Pena, a requalificação da Avenida das Américas até o aeroporto e as trincheiras das ruas centrais da cidade, Claudino dos Santos e Joaquim Nabuco, que servirão à Avenida das Américas. A Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) mantém o novo e quinto período de finalização das obras para setembro deste ano. A pequena novidade, é que, provisoriamente, será asfaltada a parte de baixo das duas trincheiras do centro do município liberando o fluxo de veículos.

De acordo com levantamento divulgado pelo Tribunal de Contas (TC) do Paraná, o governo do Estado ainda tem uma dívida com as empreiteiras de R$ 12,45 milhões, incluindo a obra da conexão da Avenida Salgado Filho, em Curitiba, via o Parque São José, com a Rua Joaquim Nabuco,em São José dos Pinhais. Segundo o diretor-técnico da Comec, Sandro Setim, houve necessidade de alteração no orçamento por causa do solo. “Quanto aos atrasos, o período eleitoral travou a tramitação de aditivos de julho a novembro, passado”, explica Sandro Setim. Os projetos deveriam ter ficados prontos em maio de 2014, um mês antes do Mundial da FIFA.

PautaSJP.com

Compartilhe esta notícia no Facebook: