Pick-up Racing volta “pra casa” com maior grid da história da categoria


Competição faz neste domingo (21) sua primeira corrida em Curitiba após mudança dos carros

Blog Single
Competição faz neste domingo (21) sua primeira corrida em Curitiba após mudança dos carros

O ano de 2000 marcou época no automobilismo brasileiro, com a estréia do chassi tubular e o início de uma fase de ascensão da Stock Car. No mesmo ano aconteceram as primeiras provas de exibição da Pick-up Racing, que hoje integra o “circo” da principal categoria do automobilismo brasileiro.
Idealizado pelo paranaense Gerson Marques da Silva, o Campeonato Brasileiro de Pick-ups teve início oficialmente em 2001, com a etapa de Tarumã (RS). Em seguida, realizou sua corrida de estréia em Curitiba, berço da categoria. Neste domingo (21), a Pick-up Racing volta à capital paranaense em grande estilo, com o maior grid da história da competição: 25 carros.
As pick-us Chevrolet S10, Ford Ranger, Agrale Marruá e Dodge Dakota originais de fábrica com adaptações para a pista deram lugar aos chassis tubulares e motores idênticos aos da Stock Car. Com isso, o nível de competitividade da categoria aumentou muito, principalmente pela entrada de pilotos oriundos de outras categorias.
Um deles, Gustavo Sondermann, pode sagrar-se campeão antecipado da temporada neste domingo. Resta apenas uma vitória ao paulista, que garantiu a pole position da sexta etapa no treino classificatório de sábado. Caso confirme o título, pela primeira vez dois campeões da Pick-up Racing estarão juntos no pódio, já que, após a corrida, Marcel Wolfart (Exatidão / American Oil) receberá o troféu de campeão de 2007.
O catarinense teve problemas no câmbio e ficou apenas com o 11º lugar no grid. “A terceira marcha escapava e era difícil controlar o carro nas curvas de alta. Espero que a equipe consiga sanar o problema para a corrida”, ressalta Wolfart, que neste fim de semana estréia o número 1 na carenagem de sua Mitsubishi L200. A largada está marcada para às 14h deste domingo, com transmissão ao vivo pela Rede Vida.

CONFIRA O GRID DE LARGADA
1º) Gustavo Sondermann (CH, SP), 1:26.281, média de 154.17 Km/h
2º) Felipe Lapenna (CH, SP), a .171
3º) Paulo Salustiano (CH, SP), a .313
4º) Rafael Iserhard (MI, RS), a .965
5º) Dudu Massa (CH, SP), a 1.024
6º) Aluizio Coelho (MI, SP), a 1.145
7º) Thiago Riberi (CH, SP), a 1.160
8º) Vitor Genz (MI, RS), a 1.324
9º) Kau Machado (CH, PR), a 1.372
10º) Carlo Kain (CH, SP), a 1.534
11º) Marcel Wolfart (MI, SC), a 1.701
12º) Renato Well (CH, DF), a 2.190
13º) Fernanda Parra (MI, SP), a 2.434
14º) Marcos Ramalho (CH, MS), a 2.472
15º) Carlos Kray (MI, RS), a 2.489
16º) Rodrigo Navarro (MI, SP), a 2.556
17º) Anderson Toso (MI, RS), a 2.587
18º) Fulvio Marote (MI, PR), a 2.823
19º) Rogerio Castro (CH, GO), a 2.977
20º) Renato Gomes (CH, DF), a 3.033
21º) Eduardo Heinen (CH, RS), a 3.206
22º) Helinho (CH, DF), a 3.455
23º) Mauricio Amaral (MI, PR), a 3.769
24º) Mario Lucio (MI, MG), a 4.100
25º) Marlon Watanabe (MI, PR), a 5.736

MARCEL WOLFART
Assessoria de Imprensa: Central Press (41 3026-2610)
Claudio Stringari – MTB 4772-PR (41 9995-5880 – 41 7813-8293 – Nextel 84*45338)


Compartilhe esta notícia no Facebook: