Pick-up Racing volta “pra casa” com maior grid da história da categoria

Blog Single
Competição faz neste domingo (21) sua primeira corrida em Curitiba após mudança dos carros

O ano de 2000 marcou época no automobilismo brasileiro, com a estréia do chassi tubular e o início de uma fase de ascensão da Stock Car. No mesmo ano aconteceram as primeiras provas de exibição da Pick-up Racing, que hoje integra o “circo” da principal categoria do automobilismo brasileiro.
Idealizado pelo paranaense Gerson Marques da Silva, o Campeonato Brasileiro de Pick-ups teve início oficialmente em 2001, com a etapa de Tarumã (RS). Em seguida, realizou sua corrida de estréia em Curitiba, berço da categoria. Neste domingo (21), a Pick-up Racing volta à capital paranaense em grande estilo, com o maior grid da história da competição: 25 carros.
As pick-us Chevrolet S10, Ford Ranger, Agrale Marruá e Dodge Dakota originais de fábrica com adaptações para a pista deram lugar aos chassis tubulares e motores idênticos aos da Stock Car. Com isso, o nível de competitividade da categoria aumentou muito, principalmente pela entrada de pilotos oriundos de outras categorias.
Um deles, Gustavo Sondermann, pode sagrar-se campeão antecipado da temporada neste domingo. Resta apenas uma vitória ao paulista, que garantiu a pole position da sexta etapa no treino classificatório de sábado. Caso confirme o título, pela primeira vez dois campeões da Pick-up Racing estarão juntos no pódio, já que, após a corrida, Marcel Wolfart (Exatidão / American Oil) receberá o troféu de campeão de 2007.
O catarinense teve problemas no câmbio e ficou apenas com o 11º lugar no grid. “A terceira marcha escapava e era difícil controlar o carro nas curvas de alta. Espero que a equipe consiga sanar o problema para a corrida”, ressalta Wolfart, que neste fim de semana estréia o número 1 na carenagem de sua Mitsubishi L200. A largada está marcada para às 14h deste domingo, com transmissão ao vivo pela Rede Vida.

CONFIRA O GRID DE LARGADA
1º) Gustavo Sondermann (CH, SP), 1:26.281, média de 154.17 Km/h
2º) Felipe Lapenna (CH, SP), a .171
3º) Paulo Salustiano (CH, SP), a .313
4º) Rafael Iserhard (MI, RS), a .965
5º) Dudu Massa (CH, SP), a 1.024
6º) Aluizio Coelho (MI, SP), a 1.145
7º) Thiago Riberi (CH, SP), a 1.160
8º) Vitor Genz (MI, RS), a 1.324
9º) Kau Machado (CH, PR), a 1.372
10º) Carlo Kain (CH, SP), a 1.534
11º) Marcel Wolfart (MI, SC), a 1.701
12º) Renato Well (CH, DF), a 2.190
13º) Fernanda Parra (MI, SP), a 2.434
14º) Marcos Ramalho (CH, MS), a 2.472
15º) Carlos Kray (MI, RS), a 2.489
16º) Rodrigo Navarro (MI, SP), a 2.556
17º) Anderson Toso (MI, RS), a 2.587
18º) Fulvio Marote (MI, PR), a 2.823
19º) Rogerio Castro (CH, GO), a 2.977
20º) Renato Gomes (CH, DF), a 3.033
21º) Eduardo Heinen (CH, RS), a 3.206
22º) Helinho (CH, DF), a 3.455
23º) Mauricio Amaral (MI, PR), a 3.769
24º) Mario Lucio (MI, MG), a 4.100
25º) Marlon Watanabe (MI, PR), a 5.736

MARCEL WOLFART
Assessoria de Imprensa: Central Press (41 3026-2610)
Claudio Stringari – MTB 4772-PR (41 9995-5880 – 41 7813-8293 – Nextel 84*45338)


Compartilhe esta notícia no Facebook: