MP-PR acusa ex-prefeito Ivan e mais sete de fraude


Prefeitura de SJP tem apontada irregularidade em 2010 no fornecimento de alimentação pela Risotolândia para trabalhadores ligados à Secretaria de Saúde, em R$ 9 milhões. Houve pedido de indisponibilidade de bens dos acusados.

Blog Single Fachada da antiga Sec. Mun. de Saúde e o ex-prefeito Ivan Rodrigues
O Ministério Público do Paraná (MP-PR), atendendo a pedido da 2ª Promotoria de São José dos Pinhais, oficializou ação contra o ex-prefeito Ivan Rodrigues e mais sete pessoas ligadas ao mandato nos anos de 2010-2011 por fraude em licitação. A ação refere-se à contratação de uma empresa fornecedora de refeições sem que fossem realizados os devidos processos licitatórios, com indícios de favorecimento da contratada, a Risotolândia. A acusação também trata de pedido de indisponibilidade dos bens dos envolvidos. O prejuízo aos cofres do município, de acordo com o MP-PR, teria sido de R$ 9 milhões.

O caso está ligado ao funcionamento da Secretaria Municipal de Saúde na época e três estabelecimentos hospitalares, como o Hospital São José e Hospital Atílio Talamini. Segundo o Ministério Público, o prefeito autorizou irregularmente a dispensa de licitação para contratar empresa fornecedora de alimentos para entrega de refeições aos pacientes de unidades hospitalares, mas o serviço também beneficiou servidores e funcionários que já recebiam vale-alimentação, o que gerou gastos em duplicidade.

Esta ação, além da indisponibilidade de bens dos envolvidos no valor de até R$ 3 milhões, para ressarcimento do gasto irregular, pede ainda a condenação dos requeridos por improbidade administrativa, com aplicação das penas previstas na legislação: perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos, pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração do agente público e proibição de contratarem com o Poder Público ou receberem benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, pelo prazo de três anos.

A reportagem do PautaSJP.com procurou contato com o ex-prefeito Ivan e foi informada por parentes próximos que ele se encontra em viagem na Europa. Entre os outros citados no processo, estão o ex-procurador da Cidade, e ex-secretário municipal de Comunicação, Luiz Carlos da Rocha, o ex-secretário municipal de Saúde, Armando Raggio, José Luiz Gasparini, Carlos Gomes de Figueiredo, o ex-diretor do Hospital São José, Ernesto Wiens, Newton Silveira Beck e Izabel Cristina Coelho.

PautaSJP.com

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: