J (sem ponto) Malucelli diz que não tem nada a ver com J (ponto) Malucelli Imóveis. Compradores questionam corretores e a logomarca igual na venda de apartamentos no Parque das Nações. MP de SJP proibiu finalização da obra por ser em área de manancial.


Blog Single Logomarca é a mesma, questionam compradores das unidades que ficaram no prejuízo
Uma empresa imobiliária com o mesmo nome de um grupo empresarial de sucesso, mais a logo marca igual e a opção de morar em área nobre do Bairro Afonso Pena. Esta oportunidade quase deu certo para os corretores de mais de 600 apartamentos e os compradores interessados em morar e ter a renda de aluguel. O Ministério Público de São José dos Pinhais, por meio da Promotoria de Meio Ambiente, proibiu a continuação de obras do conjunto Parque das Nações entre a Avenida Rui Barbosa e Rua Anneliese Gellert Krigsner, pelo fato do projeto, apesar das autorizações da Prefeitura e Estado, ficar em cima de área de manancial. Por enquanto, aos compradores, restou o prejuízo. O grupo JMalucelli nega a autoria do empreendimento, apesar de muitas similaridades, e fala em processar o que seriam os aproveitadores.

“A logomarca que aparece na propaganda dos contratos é igual. Foram anos e anos de divulgação e será que nenhum funcionário do grupo JMalucelli um dia percebeu que se tratava de uma cópia?”, questiona o comprador Alexandre Luiz Correia, que está morando com a irmã, pois sua programação de ocupar o imóvel ficou na promessa por parte das empresas responsáveis, sendo J.Malucelli Imóveis, Fórmula Empreendimentos Imobiliários, Spe-Parque das Nações Empreendimentos Imobiliários, Documentare (Par Corretora), Emec Incorporadora e Construtora de Obras e Partners Gestão de Ativos Imobiliários.

“Lembro bem que os corretores, aqui no plantão de vendas, falavam da seriedade do grupo que tem muitas obras em andamento. Praticamente, todos os compradores imaginavam, que se tratava da JMalucelli”, reclama Anderson Bedin Alves, que também ficou sem a moradia.

“Pagamos as prestações em dia e parece que para desfazer o negócio aprovado pela Caixa Econômica, o chamado distrato, demora cerca de um ano”, reclama Celio Ivair Rodrigues, um dos investidores que já contava com o aluguel para continuar a pagar o apartamento que deveria estar à espera do inquilino.

Diante da negativa do grupo JMalucelli, a reportagem fez uma pesquisa e constatou que há vínculo entre o empresário Joel Malucelli e Eugênio Caetano do Amaral Neto. Eugênio é o nome que está nos contratos do Parque das Nações. Dados do Tribunal Regional Eleitoral, referente à candidatura de 2014 como suplente ao Senado, de Joel Malucelli, mostram um acordo financeiro com Eugênio Amaral Neto.

A J.Malucelli Imóveis não tem mais propaganda na internet. O site agora cai no endereço da Emec, www.emecimoveis.com.br. O Jornalismo do PautaSJP.com foi informado que todas as solicitações a respeito do Parque das Nações deveriam ser enviadas para o e-mail das empresa Partners. Até o momento da produção da matéria, não houve retorno.
Nos últimos anos, além do Parque das Nações, um outro empreendimento em São José dos Pinhais trazia as letras JMALUCELLI. A J.Malucelli Imóveis ainda levantou dois prédios no centro do município, no conjunto Ilhas do Hawaí. Da mesma forma, a publicidade trazia a mesma logo marca e nome similar.


Nota JMalucelli
As empresas que compõem o Grupo JMalucelli, vem a público esclarecer que não possuem qualquer vinculação com a J.Malucelli Imóveis, nem tampouco com outras empresas noticiadas tais como: Parque das Nações Empreendimentos Imobiliários Ltda, Amaral Imóveis Ltda, Fórmula Empreendimentos Imobiliários Ltda, Vista Alegre Participações Ltda e Emec Incorporadora e Construtora de Obras Ltda; esclarecendo ainda não possuir qualquer participação ou vinculação ao Empreendimento Parque das Nações Europa em São José dos Pinhais/PR. O Grupo JMalucelli, reconhecido grupo empresarial paranaense, reafirma seu compromisso com a qualidade, responsabilidade e respeito que formam suas bases em cinco décadas de tradição e relacionamento com seus clientes, fornecedores e parceiros. Por fim, o Grupo JMalucelli já está avaliando as medidas cabíveis para proteção de seu direito contra o uso do nome “JMalucelli” por terceiros.

PautaSJP.com

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: