Em resposta ao PautaSJP.com, Secretaria de Estado da Segurança diz que está retirando detidos da Delegacia Central. Nova unidade em São José dos Pinhais completará dois anos à espera de construção.


Blog Single Local é mais conhecido como ponto de carros apreendidos do que carceragem eficiente
Faz praticamente uma década, que o governo do Estado não resolve a superlotação de detentos na Delegacia Central de São José dos Pinhais, na Rua Norberto de Brito, local onde aconteceram várias fugas pelo telhado e por túnel. O projeto de construção da nova unidade no terreno cedido pelo Município, no bairro Cidade Jardim, está parado. Em resposta ao PautaSJP.com, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária diz que está retirando os detidos da Delegacia Central, e que a nova unidade em São José dos Pinhais está à espera de licitação para construção.

Por meio de nota, o órgão estadual aponta que tem diminuído gradativamente o número de detidos para atender o pedido judicial da Defensoria Pública que requereu liminar que pede a interdição imediata do prédio com prazo de 30 dias.

O não cumprimento, acarreta pagamento de multa diária de R$ 5.000,00. A fuga mais recente foi no dia 31 de julho, de madrugada, quando 33 detidos fugiram por um túnel.

Em 2013, a Subseção São José dos Pinhais da OAB Paraná, com apoio da Associação Empresarial da cidade (Aciap), ingressou processo de interdição da delegacia no qual consta o relatório da Comissão de Direitos Humanos que vistoriou as celas e as condições à época.

PautaSJP.com

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: