Conforme apontado em maio pelo PautaSJP.com, da cidade não ter 2º turno, vereadores caem na real de que número de eleitores vai diminuir. A insatisfação com os políticos, em geral, deve fazer com que milhares de são-joseenses evitem o Cadastro Biométrico do TRE.


Blog Single A votação de segundo turno seria apenas para prefeito e não para os legisladores
A Câmara Municipal está investindo dinheiro e tempo na campanha publicitária para que São José dos Pinhais chegue a 200 mil eleitores e tenha segundo turno nas eleições a prefeito do ano que vem. Conforme reportagem do PautaSJP.com, de maio, uma observação simples aponta que os recursos públicos não vão atingir o objetivo. Com o cadastro biométrico em Curitiba, antes das eleições municipais de 2012, quase 20% dos eleitores curitibanos não foram à sede do Fórum Eleitoral (TRE). A não presença diminuiu consideravelmente o total de votantes. Quem não se recadastrar fica impedido de votar. Recentemente, os vereadores são-joseenses entenderam que, apesar do esforço do TRE em agendar o cadastro com antecedência e com mais guichês, o número nas urnas, além de ficar abaixo de 200 mil, inviabilizando segundo turno, deve cair para cerca de 170 mil. Atualmente, são mais de 190 mil eleitores.

Segundo o TRE, a meta é atingir pelo menos 80% dos eleitores. Durante explanação na Câmara, por representantes da 8ª Zona Eleitoral quanto a ampliação dos serviços aos eleitores, vereadores se mostraram pessimistas em relação ao alcance da meta.

“Temos apenas sete meses para recadastrar aproximadamente 200 mil títulos, ou seja, para atingir essa marca o Fórum Eleitoral teria que atender mil pessoas por dia. Acredito que se o processo tivesse sido planejado melhor e começasse com mais antecedência poderíamos ter o resultado esperado”, critica Gastão Vosgerau.

“Acho pouco provável que consigamos agendar cerca de 25 mil recadastramentos por mês, o que acarretará enormes filas no Fórum Eleitoral”, opina o vereador Leandro da Nifer. Para José Vieira, é possível que o número de eleitores em São José dos Pinhais caia ainda mais com a obrigatoriedade da biometria. “As pessoas já estão muito desacreditadas da política. Muitas delas não querem nem votar, quanto mais renovar seus títulos”, comenta José Vieira.


Recadastramento
O novo cadastro, já com a biometria, de quem vai votar pela primeira vez entre 16 e 18 anos e aqueles que estão se transferindo para o município, vem sendo realizado desde novembro. Para atender 100% da demanda, incluindo eleitores de Tijucas do Sul, a sede do Fórum Eleitoral de São José dos Pinhais prepara a instalação de dezenas de guichês em mutirão no mês de outubro. A biometria se estenderá até 31 de março de 2016. A Justiça Eleitoral da cidade sugere que os eleitores antecipem seus cadastrados frente a uma demanda de quase 200 mil pessoas.

PautaSJP.com e Informações Câmara SJP


Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: