Último dia do Bike Empreendedorismo é sobre as food bikes


Semana Acadêmica da Faculdade da Indústria - SJP, de 20 a 22 de outubro, traz temas sobre ciclismo e casos de empreendedores designers

Blog Single Silvana Ferraz no primeiro dia da exposição e mostra de projetos de ciclismo
A alternativa ecológica às food trucks, as food bikes, são o tema do módulo Bike Empreendedorismo, como parte da Semana Acadêmica da Faculdade da Indústria, de 20 a 22 de outubro, na sede da instituição, no bairro Afonso Pena. Hoje, às 19h, o bate papo com os universitários é com Everson Weber. Criador do Face e site Bike Food CWB, o designer falará de ciclismo e gastronomia sobre rodas.

Na terça, Lucas Gusso e Yuri Prybycien, designers da Azzu Cycles, conversaram sobre a marca especializada em produtos alternativos à bike. Eles desenvolvem propostas sob medida para pessoas com necessidades especiais, além da criação de food bikes, triciclos e quadriciclos próprios.

“Trouxemos alguns modelos de propostas de pedalar individualmente e com a família. É interessante a opinião dos jovens que são parte do nosso público consumidor”, disse Yuri Prybycien, também um dos responsáveis pelo site www.azzucycles.com.br. Entre os estudantes que foram no espaço da Azzu, Leandro Schwebel, oitavo período de Contabilidade. “Gostei muito do quadriciclo com proposta de um pedal com a família.”

A ideia do módulo surgiu a partir da mostra “O Ciclismo É Uma Boa Parada”, exposição de bicicletas que está no saguão principal da Faculdade (Avenida Rui Barbosa, 5881), também sede do Colégio Sesi, até 23 de outubro. A edição traz modelos inusitados como a bike de cano pvc, a bike toca-discos, elétrica, a Gelato Bike (food bike), e os tipos antigos e novos encantam os ciclistas e despertam a vontade de pedalar.

“Muito legal a exposição de bicicletas e estas opções de mobilidade na área esportiva e de lazer”, elogiou Silvana Ferraz, servidora municipal e que trabalha na Secretaria de Transportes e Trânsito.

Alisson Crisan, do oitavo período de Sistemas de Informação, soltou seu projeto em meio às bikes. “É um gambibô, robô gambiarra, preparado para afastar qualquer coisa. Os sensores captam movimento e ele parte para cima”, explicou Alisson Crisan, que apresentou o protótipo nos encontros da Semana Acadêmica.

PautaSJP.com

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: