SJP começa 2016 com grande aumento de impostos, como do lixo


Coleta diária sobe quase 80%, R$ 432,39, no tributo cobrado na conta de água

Blog Single Segundo Prefeitura, taxa do recolhimento de resíduos estava sem mudança desde 2003
A vida dos são-joseenses começará o ano novo mais salgada. Para as empresas, a taxa de alvará de funcionamento, imposto que basicamente autoriza uma atividade empresarial de funcionar em um endereço fixo, passou de 40 VRMs para 140 VRMs. No chamado Valor de Referência do Município, cada VRM equivale a R$ 61,77. No caso das residências, a pancada vem na taxa do lixo. Em algumas localidades com recolhimento de resíduos todos os dias, cobrado diretamente na conta de água, o valor passa de 4 para 7 VRMs, quase 80%. Quem mora no Centro e pagava R$ 247,08 vai desembolsar R$ 432,39.

Para coletas três vezes na semana, o valor vai de 2 para 3,5 VRMs. Para moradores com coleta duas vezes na semana, a taxa sobe de 1,5 para 2,6 VRMs. Os aumentos se formalizaram na última sessão do ano na Câmara de Vereadores, na última quinta (10), em aprovação do novo Código Tributário do Município.

De acordo com a Prefeitura, as mudanças foram necessárias porque nos valores antigos os grandes empreendimentos tinham vantagem em detrimento dos pequenos. Segundo o Executivo, a taxa do lixo não era alterada há 12 anos.

Uma novidade que também atinge especificamente o setor de turismo, nos hotéis, motéis, resorts e pousadas. Estes estabelecimentos pagarão valores diferenciados de taxa de coleta do lixo. Os VRMs são menores, porém, os tributos serão calculados sobre cada um dos quartos existentes.

PautaSJP.com

Compartilhe esta notícia no Facebook: