Voltaram as aulas na rede municipal de SJP, mas haverá greve dia 15


Educadoras dos centros de atendimento da Infância (CMEIs) decidiram pela paralisação organizada no sindicato da categoria (Sinsep)

Blog Single Decisão em assembleia foi tomada na terça (02) [Foto Sinsep]
Ontem (03), foi dia de retorno do ano letivo na Rede Municipal de São José dos Pinhais. O setor mais cobrado neste ano será a Educação Infantil, pois, conforme determinação do Ministério Público Federal, todas as cidades tiveram alguns anos para se prepararem e garantirem 100% das matrículas dos pequenos em sala de aula. A volta dos alunos será curta de acordo com as professoras dos Centros de Educação Infantil (CMEIs) que decidiram pela greve a partir do dia 15 de fevereiro. Ano passado, em maio, foram vários dias de paralisação.

Entre as reivindicações do movimento puxado pelo sindicato da categoria (Sinsep), a separação do cargo de educadora social entre a educação e assistência social, hora atividade para educadoras e atendentes de creche e o cumprimento da resolução 02/2015 que trata do número de crianças por profissional.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Semed), em 115 unidades do Município, estudam mais de 30 mil alunos do Ensino Fundamental e Infantil, e aproximadamente 3,5 mil na Educação Especial.

PautaSJP.com

Compartilhe esta notícia no Facebook: