Cascading atrai iniciantes de rapel na Cachoeira dos Ciganos


Eco Guaricana e Outsider promoveram aventura como esporte radical em São José dos Pinhais na queda de água de 15 metros

Blog Single Grupo de curitibanos e são-joseenses antes do passeio na Chácara Nó de Pinho
A Eco Guaricana abriu a temporada 2016 em São José dos Pinhais com uma visita muito diferente à queda de água mais famosa da área rural da cidade. Além da caminhada tipo trekking na Mata Atlântica, participantes do passeio de sábado (20/02) conheceram a Cachoeira dos Ciganos “por dentro”. Com apoio técnico dos escaladores da Outsider, um grupo de dez pessoas fez rapel no paredão de 15 metros de altura. Entre os aventureiros, a maioria era estreante na atividade vertical denominada de cascading.

“Já havia descido duas vezes em morros, mas foi a primeira vez em uma cascata. É bem diferente pela menor visibilidade de onde a gente coloca os pés para se apoiar, porém, a água é o grande detalhe”, diz a advogada Ariane Bandeira. “Realmente uma experiência única. Dá a impressão que o deslocamento é bem maior. Quando tiver oportunidade pretendo repetir o rapel”, fala o engenheiro civil Carlos German.

“O grupo foi muito bem principalmente pelo comprometimento na dinâmica inicial ainda no campo base, pois as instruções quanto a segurança, utilização da corda como travamento e ritmo da descida, mais o contato com a água, são questões técnicas importantes para quem busca uma nova experiência”, diz Demmis Neves, da Outsider, escalador com mais de 25 anos de trabalho neste segmento de aventuras inclusive fora do País.

A saída de Curitiba foi às 7h. O grupo se reuniu em São José dos Pinhais em direção à Chácara Nó de Pinho para tomar café e a aula de iniciação ao vertical. De carro, foram no total 34 km de estrada de terra mais o trekking até a cachoeira. Na volta, um brunch na chácara de lazer, ótimas lembranças e novas amizades.

Eco Guaricana quarto ano
A Eco Guaricana é a principal marca de passeios em grupo por São José dos Pinhais e região, que já atendeu mais de 600 pessoas e entra em seu quarto ano de atividades. Fazem parte do portfólio imersões na Mata Atlântica com escoteiros, ciclistas de mountain bike, participantes de caminhadas em nível leve e trekking, acompanhamentos de equipes de Jornalismo do Brasil e exterior, apoio a competições esportivas e confraternizações empresariais, estudos na mata por biólogos e engenheiros ambientais, e diversas iniciativas desenvolvidas em localidades como a Serra da Guaricana, Serra do Castelhanos, usinas hidrelétricas da Copel (Guaricana e da Chaminé), entre outras.

Os eventos incluem guias capacitados e cobertura da Schultz Seguros. As aventuras são baseadas no conforto, segurança e preparação de uma vivência dentro da Natureza, seja caminhando, de bicicleta, com rapel e deslocamentos em vans, ônibus, carros comuns e off road. Turmas de colegas de trabalho, amigos e familiares são levados para diferentes locais tipo campo base com o serviço de refeições (café, lanche, almoço, brunch e jantar). Para 2016, estão sendo prospectadas ações para demais municípios.

Contato Luci Ane Moro Rosa e-mail luci.ane@ecoguaricana.com.br, www.ecoguaricana.com.br, 41 3058-4192 / 9641-9674/ 9918-5447.

PautaSJP.com

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: