Tesão Piá critica Prefeitura de SJP após Festa da Cidade


Humoristas falam em boicote e falta de respeito na apresentação de domingo (20). Manifesto na internet tem mais de 400 mil visualizações em dois dias.

Blog Single Trupe de comédia chama a atenção para a falta de consideração com os artistas locais
Nem tudo foram sorrisos na Festa da Cidade no último fim de semana. O Tesão Piá estava programado para se apresentar no palco principal às 18h no domingo (20), mas, segundo os integrantes do grupo de humoristas, a produção dos shows, encabeçada pela Secretaria Municipal de Esportes, faltou com respeito ao mudar a performance para outro local e ainda deixa-los mais de quatro horas esperando. Eles acabaram por subir no tablado principal quando eram mais de 22h, porém, não haviam microfones e cabos para o show que durou apenas 15 minutos, quando o som foi sumindo para forçar o fim da apresentação.

A turma ficou famosa na televisão como parceiros da RPC-TV (Canal 12), mas foi na internet, onde o Tesão Piá estourou como atração de comédia, que os integrantes fizeram um manifesto. Somente até hoje (23), cedo, a queixa também contra a produção da dupla Jorge e Mateus atingiu 417 mil visualizações no You Tube, com 9.735 compartilhamentos e mais de 1.600 comentários elogiando os artistas e questionando o caso.

“Nós preparamos um show especial que tratava do aniversário da cidade e ficamos surpresos com tanta desorganização. Os produtores da principal atração musical da noite, do Jorge e Mateus, também foram desrespeitosos com a gente. Sabíamos que o grande público tava ali para vê-los, mas tinha muita gente que foi lá por causa do Tesão Piá”, fala Jéssica Medeiros.

“Passaram com caixa por cima de mim, batendo em mim. O prefeito (Setim) foi lá, tirou foto com a gente. Que o senhor prefeito tome as medidas cabíveis com a sua produção e a produção do Jorge e Mateus. Pagam uma fortuna para os caras aí e desrespeitam a gente”, reclama Fagner Zadra, que é cadeirante desde um acidente sofrido em um evento cultural há poucos anos.

Fagner reforçou a ideia de falta de consideração com os artistas locais, frente as estrelas programadas também para sexta, como o Rappa, e sábado, com Luan Santana. Somente para os três medalhões, os cachês chegaram perto de R$ 1 milhão, sem contar várias outros nomes programados. Antes da Festa da Cidade, o secretário de Esporte, Thiago Buhrer, teve que dar explicações sobre o investimento na Câmara de Vereadores.

Procurada pela reportagem, a Prefeitura, por meio da Assessoria de Imprensa, diz que lamenta o ocorrido quanto aos problemas técnicos que dificultaram a apresentação e pede desculpas ao grupo.

A reclamação do Tesão Piá está no link: https://www.facebook.com/TesaoPia/?fref=ts

PautaSJP.com


Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: