Comec libera duas trincheiras sem citar outros projetos atrasados


Ainda faltam quatro trincheiras em São José dos Pinhais. Trecho entre as ruas Joaquim Nabuco e Claudino dos Santos era aberto pela população no fim de semana e fechado pela Empo toda segunda.

Blog Single Construção, que começou em janeiro de 2013, abriu na última quarta (20)
Quando as obras atrasadas nas trincheiras da Avenida das Américas completaram 39 meses, moradores da região, com apoio de um pequeno trator de um empresário, começaram a abrir os bloqueios das vias por baixo das ruas Joaquim Nabuco e Claudino dos Santos. A intervenção no projeto púbico acontecia sempre nas sextas-feiras ao final do dia. Quando chegava segunda pela manhã, a empresa licitada Empo fechava o acesso dos veículos novamente. Foi uma atitude ilegal, mas que forçou a Companhia Metropolitana (Comec) a acelerar a entrega do projeto, que deveria ter sido concluído em março de 2014. Quem reside perto das construções não tem expectativa do fim dos transtornos. O órgão do governo do Estado comunicou a abertura na Américas, mesmo com muito a ser finalizado, sem citar o prazo de conclusão das outras quatro trincheiras na Av. Torres e a requalificação da Av. Américas.

“A liberação das trincheiras [das Américas] é parcial porque ainda faltam a finalização das calçadas, a última camada de pavimentação asfáltica em frente ao terminal, iluminação pública, paisagismo e finalização de toda a sinalização semafórica. O projeto do Corredor Marechal Floriano, sob responsabilidade da Comec, tem 3,15 km e prevê a requalificação da Avenida das Américas. A obra faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade Urbana, do Ministério das Cidades e tem financiamento do governo federal e contrapartida do governo do Estado”, diz a Comec.


Copa 2014
A melhoria do trânsito e infraestrutura nos trajetos da Capital, durante o Mundial da FIFA, com o aeroporto, nas duas avenidas (Torres e Américas), foram a justificativa para estas grandes obras de mobilidade que se somam a outros projetos na ordem de mais de 86 milhões. Segundo a Prefeitura, o órgão municipal apenas acompanha a execução dos projetos.


Trincheiras atrasadas
Na Avenida das Torres estão em obras duas trincheiras para veículos, como binário, sendo nas ruas Arapongas e Arlindo Costa, e uma para pedestres e ciclistas, ligando o Parque Linear do Ressaca ao Parque São José. Nas Torres, ainda tem o alargamento da trincheira da Rua aviador Lipinski de acesso ao Aeroporto Afonso Pena. A requalificação da Avenida Américas vai até o aeroporto, passando pelo Terminal Central de Ônibus, a partir da ponte do bairro Boqueirão.

PautaSJP.com

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: