Alunos de SJP da rede pública fizeram intercâmbio no Chile


Por meio da Associação Internacional Latino-Americana (AILA) e ONG Em Ação, estudantes conheceram a cidade de Mulchén

Blog Single Comitiva com os são-joseenses e chilenos deve se repetir em 2017
São José dos Pinhais, por meio de órgãos públicos e entidades privadas, possui acordos de incentivo à aproximação empresarial e cultural com outros países, como o intercâmbio com a Associação Internacional Latino-Americana (AILA) que representa instituições do Chile. Em março, a AILA e a Organização Não Governamental Em Ação levaram alunos são-joseenses para a cidade chilena de Mulchén.

O empresário e presidente da AILA, Júlio Eduardo Loyola, chileno radicado em São José há muitos anos, destaca a importância da visita. “Foi uma oportunidade sem custo para os jovens que levarão o conhecimento desta viagem para toda a vida”, disse Júlio Loyola, que há anos organiza intercâmbio empresarial com São José dos Pinhais também com outras cidades chilenas, como Los Angeles.

A entrada do apoio da ONG Em Ação veio com a participação do professor e vereador Marcelo Guilherme. “O sistema educacional do Chile é um dos melhores do mundo. Nesta primeira etapa, foram selecionados oito estudantes”, conta o professor.

“Se não fosse esse intercâmbio, não teria possibilidade de realizar uma viagem como essa e ter acesso a tudo que vivenciei. Agradeço muito a Em Ação e a AILA e nosso novos amigos em Mulchén”, lembra Ane Beatriz Moreira de Almeida, aluna do Colégio Estadual Angelina Annamaria Consolo do Prado.

Na viagem, professor Marcelo, que leciona no mesmo colégio e é fundador da ONG que ensina gratuitamente vestibulandos, recebeu título de reconhecimento da Prefeitura de Mulchén. “Para 2017, serão selecionados outros alunos do Colégio Angelina Annamaria Consolo do Prado, para realizarem essa viagem e terem suas vidas transformadas positivamente”, projeta Marcelo Guilherme.

Informações www.facebook.com/ongemacao.

PautaSJP.com

Compartilhe esta notícia no Facebook: