Novos nomes surgem à disputa do cargo de prefeito de SJP


Mudança no PMDB e mobilização de legendas menores aquecem o cenário político

Blog Single Troca de pré-candidato no PMDB gerou movimentos em partidos como PDT, PTN e REDE
Em 05 de agosto encerra a data final para que os partidos realizem as convenções para as eleições de 2016. Estamos há menos de 100 dias para a votação de 02 de outubro, para prefeitos e vereadores. Em São José dos Pinhais, existe o bloco da situação, com o prefeito Luiz Carlos Setim (DEM), mais PSDB e PSB. As duas principais oposições são formadas pelo presidente da Câmara, vereador Sylvio Monteiro, do PTB, e o PMDB. Com a saída do empresário Rocha Loures da pré-candidatura, que assumirá a diretoria da Itaipu, o PMDB tenta se restabelecer com a indicação do arquiteto Eloi Bastos. A novidade é que o enfraquecimento da campanha peemedebista movimentou legendas menores nas pré-candidaturas, pois a tendência é que elas aderissem no apoio ao Rocha, o segundo candidato mais votado em 2012.

O PDT traz o empresário Ronaldo Vaccari; o PTN vem com o servidor público aposentado e religioso Pedro Scherer; e a REDE propõe o nome do empresário Mauro Knorst. As três legendas podem se unir para um candidato único.

No PT, a concorrência interna é entre o ex-secretário municipal de Trabalho, Zé Adilson Stuzata, e a ex-diretora da Secretaria Municipal de Promoção Social, Lindamir Colontonio. Considerando um nome da situação e três oposições, São José repetiria quatro candidatos, como aconteceu na disputa de quatro ano atrás.

PautaSJP.com

Compartilhe esta notícia no Facebook: