Impasse MP/PR-Prefeitura SJP deixa postos de saúde sem médicos


Ministério Público do Paraná discorda do regime de contratação. Hoje (sexta-1º), dez unidades estão sem atendimento clínico e não há data para retorno.

Blog Single Dione Yokoyama e Robson Jamaica, do Conselho Municipal de Saúde
Das 29 unidades básicas de Saúde de São José dos Pinhais, apenas 19 estão atendendo com médicos. O problema, que atinge 1/3 do serviço médico da cidade, foi reconhecido pela própria Prefeitura de São José dos Pinhais. A dificuldade, sem data para regularização, deve se estender pelo início da semana.

Segundo o Ministério Público do Paraná (MP-PR), os 36 médicos não concursados estão impedidos de trabalhar sob o atual regime trabalhista empregado pela Prefeitura. Via ação civil, o MP decretou adequação e a cooperativa médica Medical cancelou o contrato.

“No fim de semana os Postos de Saúde não tem atendimentos, então a paralisação de sábado a domingo não terá tantos efeitos, mas e segunda-feira, como ficará a população com tantas unidades sem médicos?”, questiona Dione Tosi Yokoyama, integrante do Conselho Municipal de Saúde, que na parte da manhã foi até a Secretaria de Saúde e Prefeitura buscar informações.

Por meio de nota, o Executivo Municipal informou, agora de tarde, que ofereceu aos profissionais “R$ 4.186,51 por 20 horas, mais R$ 4.186,51 pelas outras 20 horas do turno, mais adicional de 60% sobre o primeiro salário, que corresponde a R$ 2.512,80, mais R$ 539,00 de vale alimentação, mais R$ 425,98 de adicional de insalubridade, o que corresponde a um total de R$ 11.849,90”, mas os médicos não aceitaram.

“Em caráter emergencial, abrimos credenciamento para outros médicos interessados. Enquanto essa situação não se normaliza, a Secretaria de Saúde está realizando o remanejamento temporário de médicos entre as Unidades Básicas de Saúde (UBSs)”, acrescenta a nota.

Estão sem médicos as seguintes unidades: CAIC, Cristal, Marcelino, Campina do Taquaral, Campo Largo da Roseira, Murici, Córrego Fundo, Faxina, Ipê e Xingú. Em situações de urgência e emergência, a saída são as Unidades 24h de Pronto Atendimento (UPA) do Afonso Pena e Rui Barbosa.

O PautaSJP.com vai apurar outras informações sobre o assunto a serem publicadas em breve.

PautaSJP.com

Compartilhe esta notícia no Facebook: