Eleição à Pref. de SJP será polarizada em dois grandes grupos


Antigos adversários estarão, lado a lado, com Toninho da Farmácia em 15 partidos, e com Sylvio Monteiro em oito partidos. Ainda concorrem Mauro Knorst (REDE) e Adilson Stuzata (PT). Dúvida é com quem PMDB vai coligar.

Blog Single PautaSJP.com foi o único veículo que acompanhou as quatro convenções
Antigamente, São José dos Pinhais tinha dois grandes grupos concorrentes às eleições municipais, como nos períodos dos embates dos ex-prefeitos Moacir Piovesan e João Ferreira. Em 2007, com o raxa político do atual prefeito Luiz Carlos Setim, as votações de 2008 tiveram três grandes grupos, o que se repetiu em 2012. Após um fim de semana inteiro de coligações na cidade, ficou configurada uma campanha polarizada em dois candidatos, sendo, basicamente, situação contra oposição. Mas de sábado, a domingo, ainda entraram no páreo dois candidatos oficializados no município a prefeito, totalizando, por enquanto, quatro nomes. O futuro chefe do Executivo Municipal administrará uma localidade que gera mais de 25 bilhões de Produto Interno Bruto (dados Ipardes 2013).

Sábado (30) de noite, o grupo de 14 legendas com Toninho da Farmácia oficializou o vice-prefeito e seu partido, o PSC - Partido Social Cristão, além do candidato a vice, Thiago Buhrer, do PSDB - Partido da Social Democracia Brasileira; mais PSB - Partido Socialista Brasileiro; DEM – Democratas; PP – Partido Progressista; PSD - Partido Social Democrático; PTdoB - Partido Trabalhista do Brasil; PTC - Partido Trabalhista Cristão; PRB - Partido Republicano Brasileiro; PMN - Partido da Mobilização Nacional; PPS - Partido Popular Socialista; PSDC - Partido Social Democrata Cristão; PDT - Partido Democrático Trabalhista; PRP - Partido Republicano Progressista; e PRTB - Partido Renovador Trabalhista Brasileiro.

“Depois de dois mandatos como vice (com o prefeito Leopoldo Meyer 2005-2008 e com Luiz Setim 2013-2016), acho que chegou a hora de contribuir como prefeito com a nossa cidade e se Deus quiser venceremos as eleições”, disse Toninho da Farmácia (Antonio Fenelon).

No sábado de manhã, a chapa liderada pelo vereador e presidente da Câmara, Sylvio Monteiro, traz seu partido, o PTB – Partido Trabalhista Brasileiro, mais a candidata a vice, a vereadora Lucia Stoco, do PEN – Partido Ecológico Nacional, além das legendas PHS - Partido Humanista da Solidariedade; PSL - Partido Social Liberal; PR – Partido da República; PROS - Partido Republicano da Ordem Social; PCdoB – Partido Comunista do Brasil; e PV – Partido Verde.

“Reunimos cerca de duas mil pessoas na convenção e deixo claro que honraremos a confiança de cada amigo são-joseense”, comentou Sylvio Monteiro.

Domingo de manhã, após votação para a Diretoria Executiva Eleitoral, os líderes do PMDB decidirão, nos próximos dias, qual dos dois grupos majoritários vão apoiar, sendo o de Toninho ou do Sylvio. O apoio significa dois vereadores pemedebistas: Alberto Setnarsky e Ido Luneli.

“Há quatro anos, tivemos uma expressiva votação e decidi percorrer outros caminhos deixando a mobilização política para novas lideranças”, falou o presidente regional do PMDB, Rodrigo Rocha Loures, que desistiu da campanha após convite do governo federal para assumir a diretoria da Itaipu. Em 2012, Rodrigo foi o segundo mais votado. A decisão que traz dois apoios entre os vereadores na Câmara é esperada com ansiedade pelo grupo de Toninho e Sylvio, pois cada chapa tem garantida oito vereadores. O PMDB aumentará a força para um lado ou outro.

Também ontem, mas de tarde, o partido REDE Sustentabilidade oficializou o empresário Mauro Knorst em coligação com o PTN – Partido Trabalhista Nacional e o vice na chapa Pedro Scherer. “Deu para notar que nesta eleição seremos a opção com menor envolvimento político comparando os nomes que estão na Prefeitura e Câmara há muitos e muitos anos”, disse Mauro Knorst.

No dia 23 de julho, o PT – Partido dos Trabalhadores oficializou o ex-secretário municipal de Trabalho (gestão ex-prefeito Ivan Rodrigues), Adilson Stuzata, como candidato a prefeito. “Tivemos uma eleição interna com a companheira Lindamir Colontonio (ex-diretora da Secretaria Municipal de Promoção Social) e fico feliz de ter meu nome na candidatura à Prefeitura”, agradeceu Adilson Stuzata.


Vereadores definidos nos grupos
Toninho da Farmácia (PSC) vem com nove vereadores
Abelino Pereira de Souza-PSB; Carlos Machado - PSDB; Edison Celli – PSDB; Assis Pereira – PSDB; Luíz Monteiro – PSB; Luíz Paulo de Lima – PSB; Margarida Maria Singer – DEM; Maria de Andrade (Mari Temperasso) – PSDB; Wilson de Oliveira Rocha – DEM.

Sylvio Monteiro (PTB) vem com sete vereadores
Afonso Tadeu Camargo – PSL; Ailton Alves de Oliveira (Fenemê) – PTB; Gilberto de Mello – PV; José Vieira da Silva – PTB; Nilson Leandro de Sousa (Leandro da Nifer) – PHS; Onildo Francisco dos Santos – PTB; Ubiratan Pedroso (Bira do Banco) – PCdoB.

Em cima do muro ainda
Ido Antoninho Lunelli – PMDB; e Alberto Setnarsky – PMDB.

Mauro Knorst (REDE) com um vereador
Marcelo Guilherme – REDE.

PautaSJP.com

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: