30 de agosto – Dia D de Dilma. PautaSJP.com lembra a manhã em que a candidata do PT, ainda ministra, veio a São José dos Pinhais. Em 2010, ela se tornava presidente do Brasil. Naquele ano, venceu eleitoralmente a Presidência na cidade, em 1º turno, com folga.


Blog Single Visita da ministra Dilma à cidade ocorreu no campus da PUC
Afastada provisoriamente pelos deputados federais, em abril, o Congresso dá a vez, hoje (30), aos senadores, na decisão de afastar definitivamente a presidente Dilma Rousseff (PT). Como presidente do País, Dilma, basicamente, sempre passou por São José dos Pinhais em conexões no Aeroporto Internacional Afonso Pena, porém, no ano de 2010, antes da presidência, a sua presença como ministra da Casa Civil foi um dos acontecimentos políticos de maior repercussão no Paraná. Naquele dia de 06 de fevereiro, o PT já a colocava como candidata à Presidência da República. Era um sábado, pela manhã, quando Dilma participou de encontro político no Campus 2 da Universidade PUC promovido pela Associação dos Municípios do Estado.
Na entrevista coletiva para imprensa, acompanhada pelo PautaSJP.com, meia hora antes, a ministra falou sobre o Fundo de Participações, as ações governamentais para atribuições e recursos da exploração do pré sal, as relações entre cidades e o efeitos do PAC-1. Depois, o tema principal se tornou a governabilidade e as eleições.

A pauta teve contatos pessoais com prefeitos sobre o Plano de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e apoio à candidatura ao governo do Estado do senador Osmar Dias (PDT). Nas eleições daquele ano, Dilma ganhou contra José Serra (PSDB) e Osmar perdeu o governo do Paraná para o prefeito de Curitiba, à época, Beto Richa.

Também estiveram no encontro, além do senador Osmar Dias, personalidades políticas como o ministro do Planejamento e Desenvolvimento, Paulo Bernardo, o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, e o prefeito de São José dos Pinhais, Ivan Rodrigues (PTB), que tinha em sua base do secretariado membros do Partido dos Trabalhadores, legenda que participou de sua eleição da coligação.


Impeachment no Senado e eleições
A derrota de Dilma Rousseff ontem (17), entre os deputados federais, pelo placar de 367 votos a favor de sua saída da Presidência, e 137, mais 7 abstenções e 2 faltas, agora segue para uma nova etapa do impeachment na votação no Senado. Posteriormente, o resultado será julgado no Supremo Tribunal Federal.

Houve duas eleições presidenciais com participação de Dilma em São José dos Pinhais. No dia 03 de outubro de 2010, ela teve 47.651.108 votos (46,91%) e José Serra (PSDB) 33.131.867 (32,61%). Já em 31 de outubro, no segundo turno, Serra fez 64.887 e Dilma 61.542. No caso da reeleição de Dilma em 2014, nas urnas de São José dos Pinhais, no primeiro turno, dia 05 de outubro de 2014, Aécio Neves somou 66.120 (46,31%) votos e Dilma 39.957 (27,99%). No segundo turno, dia 26 de outubro, Aécio Neves teve 93.417 votos (63,61%) e Dilma 53.446 (36,39%).

PautaSJP.com

Compartilhe esta notícia no Facebook: