Pela 1ª vez, IBGE crava SJP com mais de 300 mil moradores


Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística foram divulgados hoje (31)

Blog Single Industrialização ao fim dos anos 90 impulsionou crescimento em número de habitantes
São José dos Pinhais continua a cidade mais populosa da Região Metropolitana de Curitiba (RMC). De acordo com levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), baseado no Censo 2010 e projeções recentes, a pesquisa, divulgada hoje (30), crava que 2016 é o ano em que os são-joseenses superaram estatisticamente a barreira dos 300 mil habitantes, ao somarem 302.759 moradores.

No século 20, o município apresenta curvas de aceleração de crescimento por causa dos processos de industrialização, primeiramente, de transformação, como na produção de portas e janelas a partir das serrarias, e de industrialização no fim dos anos 70, com aumento populacional devido a vinda de montadoras de veículos ao fim dos anos 90.

São José é a sexta mais populosa do Estado do Paraná (11.242.720), atrás da capital Curitiba (1.839.997); de Londrina (553.393); Maringá (403.063); Ponta Grossa (341.130) e Cascavel (316.226), estando ainda à frente de Foz do Iguaçu (263.915). Comparando com a RMC, a segunda é Colombo (234.991); depois Araucária (135.459); Pinhais (128.256) e Campo Largo (125.719).


Outros dados nacionais
A estimativa do IBGE trata de que os 5.570 municípios brasileiros tenham 206,1 milhões de habitantes e uma taxa de crescimento de 0,80% entre 2015 e 2016, um pouco menor do que a calculada entre 2014 e 2015 (0,83%).

O município de São Paulo continua sendo o mais populoso do país, com 12,0 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro (6,5 milhões de habitantes), Brasília e Salvador (cerca de 2,9 milhões de habitantes cada). Dezessete municípios brasileiros possuem população superior a 1 milhão de pessoas, somando 45,2 milhões de habitantes ou 21,9% da população total do Brasil.

Serra da Saudade (MG) é o município brasileiro de menor população, 815 habitantes, seguido de Borá (SP), com 838 habitantes, e Araguainha (MT), com 953 habitantes. Estima-se que, de 2015 para 2016, quase ¼ dos municípios (24,8%) tiveram redução de população.

No ranking dos estados, os três mais populosos localizam-se na região Sudeste, enquanto os cinco menos populosos localizam-se na região Norte. O estado de São Paulo, com 44,7 milhões de habitantes, concentra 21,7% da população do país. O estado de Roraima é o menos populoso, com 514,2 mil habitantes (0,2% da população total).

As estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são fundamentais para o cálculo de indicadores econômicos e sociodemográficos. Esta divulgação anual obedece ao artigo 102 da Lei nº 8.443/1992 e à Lei complementar nº 143/2013.

PautaSJP.com e informações do IBGE

Compartilhe esta notícia no Facebook: