Mais 250% de votos nulos: o recado dos são-joseenses nas urnas

Blog Single
São José dos Pinhais é uma das cidades do Brasil que teve mais votos nulos na eleição de ontem (02). Se na votação de 2012, mais de 24 mil não foram votar, e cerca de 7 mil anularam e 7 mil “branquearam”, desta vez, 24.333 eleitores aplicaram o chamado “voto nulo de protesto”, que somou crescimento de 250% em relação há quatro anos. Trata-se da primeira participação da população com biometria.

Outro apontamento, que mostra o interesse no domingo frio e chuvoso, em ir até as urnas e confirmar voto nulo, é que a abstenção agora foi menor, sendo 16.302 pessoas ausentes. Em branco, este tipo de participação aumentou 100%. Abstenções, nulos e brancos chegam a 55.382 eleitores (34,86% do total de votantes aptos), bem mais que o segundo colocado que atingiu 40.157 votos.

Um dos fatores foi a polarização do processo entre dois nomes cheios de coligações (Toninho da Farmácia e Sylvio Moneiro) e mais um concorrente (Mauro Knorst), pois, em 2012, haviam três nomes carregados de legendas (Luiz Setim, Ivan Rodrigues e Rocha Loures) e outros dois concorrentes.

Mas, a quantidade de nulos não significou um grande movimento de renovação na Câmara, onde saem oito e ficam 13 vereadores reeleitos, ainda mais que dois campeões de votos, Sylvio Monteiro, e Lucia Stoco, foram, respectivamente, candidato a prefeito e a vice, e deixam o Legislativo. O mais votado foi o professor Abelino (PSB) 3.141 votos (2,45%).

Avaliando ainda os resultados, o vice-prefeito Toninho da Farmácia é o novo prefeito ganhando com uma margem direta de 20% contra Sylvio, nas três regiões do município, incluindo onde está sua base eleitoral, na Grande Afonso Pena, zona eleitoral 0200: 15.912 votos (53,53%), com Sylvio somando 9.468 votos (31,85%) e Mauro Knorst 4.343 votos (14,61%).

Na região central e bairros que margeiam a BR 116, zona eleitoral 008, Toninho fez 22.683 (52.38%), Sylvio 16.283 (37,60%) e Knorst 4.342 (10,03%). Na área agrícola, zona eleitoral 199, Toninho foi ainda melhor, recebendo 22.889 confirmações (54,12%), Monteiro 14.406 (34,06%) e Mauro 4.997 (11,82%).


Total somadas as três regiões:
Toninho da Farmácia 61.484 votos (53,31%) em cima do vereador, e presidente da Câmara, Sylvio Monteiro (PTB), que teve 40.157 votos (34,82%). O empresário Mauro Knorst alcançou 13.682 votos (11,86%).


Comparação 2012-2016
Abstenção 24.981 (14,02%) e agora 16.302 (9,55%).
Comparecimento 153.170 (85,98%) e agora 154.403 (90,45%).
Votos em branco 7.720 (5,04) e agora 14.747 (9,55%).
Votos nulos 7.978 (5,21%) e agora 24.333 (15,76%).
Votos validos 137,472 (83,75%) e agora 115.323 (74,69%).
Obs: nos anos 2015 e 2016 houve o cadastro biométrico que reduziu o número de eleitores aptos de mais de 190 mil para 170.705.


Coligação SÃO JOSÉ MELHOR
O vice-prefeito, nome da situação, Toninho da Farmácia, vem com 14 legendas puxadas pelo seu partido, o PSC - Partido Social Cristão (20), incluindo o candidato a vice, Thiago Buhrer, do PSDB - Partido da Social Democracia Brasileira; mais PSB - Partido Socialista Brasileiro; DEM – Democratas; PP – Partido Progressista; PSD - Partido Social Democrático; PTdoB - Partido Trabalhista do Brasil; PTC - Partido Trabalhista Cristão; PRB - Partido Republicano Brasileiro; PMN - Partido da Mobilização Nacional; PPS - Partido Popular Socialista; PSDC - Partido Social Democrata Cristão; PDT - Partido Democrático Trabalhista; PRP - Partido Republicano Progressista; e PRTB - Partido Renovador Trabalhista Brasileiro.


Coligação UM NOVO HORIZONTE PARA SÃO JOSÉ DOS PINHAIS
O vereador e presidente da Câmara, Sylvio Monteiro, com oito partidos, traz sua legenda, o PTB – Partido Trabalhista Brasileiro, mais a candidata a vice, a vereadora Lucia Stoco, do PEN – Partido Ecológico Nacional, e o PHS - Partido Humanista da Solidariedade; PSL - Partido Social Liberal; PR – Partido da República; PROS - Partido Republicano da Ordem Social; PCdoB – Partido Comunista do Brasil; e PV – Partido Verde.


Coligação UNIDOS POR SÃO JOSÉ
O empresário Mauro Knorts é o candidato da REDE Sustentabilidade em coligação com o partido de seu nome a vice, Pedro Scherer, do PTN – Partido Trabalhista Nacional

PautaSJP.com




Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: