Parte abandonado e parte cuidado, Bosque da Usina completa quatro anos com poucos visitantes. Local abriga em SJP a Usina do Conhecimento, mas também drogados e moradores de rua.

Blog Single
Inaugurado em março de 2012, o Bosque da Usina foi projetado para unir o novo Terminal Central de Ônibus e as vias comerciais do Centro como a Rua XV de Novembro. A flora e fauna do local são expressivas com várias araucárias e servem de cenário para os cursos e oficinas de música na Usina do Conhecimento, que terá em breve a inauguração de um auditório. Em 2014, a Prefeitura de São José dos Pinhais divulgou um novo projeto de construção de prédio administrativo na atual sede do Executivo, de 40 milhões, elaborado pelo arquiteto e ex-prefeito de Curitiba e ex-govenador, Jaime Lerner, que incluiria uma passarela por cima do bosque, mas a ideia não teve continuidade. Após quatro anos da abertura, o Bosque da Usina tem mais drogados e moradores de rua do que visitantes, até mesmo ao lado das salas que servem a treinamentos da Guarda Municipal.

A reportagem acompanhou o dia a dia do local nas últimas semanas e constatou que a área ligada à saída para o terminal de ônibus está sempre abandonada, com os postes de iluminação ao chão. As obras de revitalização e manutenção só ocorrem perto da Usina do Conhecimento e do parquinho de diversões, na Rua Veríssimo Marques.

“Se não tem criança aqui é sinal de que o local não é para o lazer. É a primeira vez que venho com os filhos e não dá sensação de tranquilidade, apesar da natureza e do bosque tão verde”, queixou-se Graziele Horochovec, moradora no bairro Rio Pequeno.

Também frequentando o local com a família no último sábado (05), Edson Lara e Elaine Borges lembraram que até ocorrem passagens de motociclistas da Guarda Municipal por dentro do bosque, mas é raro. “Passam e vão embora. Se tem alguém fazendo coisa errada é só esperar a GM deixar o bosque. Nós temos receio e não vamos lá para baixo onde tem o rio que corta o lugar. Mesmo assim, é uma opção legal de visitar e no centro da cidade. Falta segurança e limpeza”, falou Edson, que reside no bairro Colônia Rio Grande.

Procurada pela reportagem, a Secretaria Municipal de Urbanismo de São José dos Pinhais informou que por enquanto não existe projeto para o Bosque da Usina e que a área mencionada tem constante manutenção e conservação por parte da Secretaria de Meio Ambiente.

PautaSJP.com

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: