São-joseense de 10 anos teve 100% de cadeiras no The Voice Kids

Blog Single
O The Voice Kids 2017 começou sua segunda temporada ontem (08) e com as audições às cegas, quando os jurados Carlinhos Brown, Vitor e Leo, e Ivete Sangalo escolhem as crianças que seguem para a próxima fase somente ouvindo as canções. A são-joseense Flávia Scanuffo, de 10 anos, que executou Splish-Splash (no Brasil cantada por Roberto Carlos). A pequena recebeu 100% de aprovação, antes de encerrar a famosa canção da Jovem Guarda dos anos 60.

Além da parte vocal, Flávia fez uma performance em que enfatizava cada parte da canção que trata de um beijo roubado dentro de um cinema. A escolha dela foi ter como mentora a Ivete. Do Paraná, também se destacaram, dois candidatos, sendo Juan Carlos Poca, 14 anos, de Foz do Iguaçu, que cantou Cê Que Sabe, e Ystefani, 15 anos, de Paranaguá, com Amanheceu, da banda Scalene.

Nesta primeira fase, cada técnico tem a difícil missão de escolher 24 vozes. Os candidatos, com idades entre 9 e 15 anos, se apresentam e são avaliados apenas pela sua voz. Os técnicos viram suas cadeiras e montam os três times: Time Ivete, Time Brown e Time Victor & Leo. Se mais de um técnico escolher o mesmo candidato, quem escolhe com quem quer trabalhar é o próprio jovem talento. Depois da primeira fase o público poderá acompanhar a fase das Batalhas, os Shows ao vivo, semifinal e a grande final, em que o campeão do The Voice Kids sairá com o prêmio de R$ 250 mil e um álbum gravado pela Universal Music.


Assista a performance de Flávia Scanuffo
http://gshow.globo.com/realities/the-voice-kids/2017/episodio/2017/01/08/segunda-temporada-do-voice-kids-estreia-fase-de-audicoes-cegas-com-muita-fofurice.html#video-5563724

PautaSJP.com e informações GShow

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: