Guardas Municipais de SJP protestam contra Sec. de Segurança

Blog Single
Atualização 19h12

A gestão do prefeito Toninho Fenelon chegou ao seu 17º dia e os guardas municipais realizam um protesto da categoria na esquina da sede administrativa, centro de São José dos Pinhais. A queixa é contra o secretário de Segurança, Adriano Mühlstedt, reconduzido à pasta vindo do mandato do ex-prefeito Luiz Carlos Setim.

Com microfone à mão, os guardas relatam que querem negociar diretamente com o gabinete, sendo, na pauta, pedidos de melhorias quanto as escalas, salários e infraestrutura.

Após as eleições de 02 de outubro, quando o nome de Adriano, foi indicado pelo partido DEM para a equipe de transição, a grande maioria dos gms fez uma votação simbólica contra o secretário, inclusive, com entrega do resultado como manifesto ao prefeito eleito, na época.

O PautaSJP.com contatou a Prefeitura para ter uma posição do que pensa o Executivo em relação ao protesto. Segundo o órgão, o prefeito tem uma reunião agendada com uma comissão dos guardas. O grupamento da Guarda Municipal são-joseense tem hoje 171 servidores.

Nota Prefeitura
A Prefeitura de São José dos Pinhais, sobre a reunião que aconteceu na tarde desta terça-feira (17/01/17) entre o prefeito Toninho Fenelon e a comissão formada por representantes da Guarda Municipal que realizaram uma mobilização nesta mesma manhã, tem a informar que: a reunião aconteceu de maneira cordial, na qual o prefeito ouviu os representantes e, diante das exposições, solicitou um prazo para avaliar todos os questionamentos e poder responder às solicitações. O prefeito ressaltou que as portas do gabinete sempre estarão abertas e se colocou à disposição sempre que for necessário.

PautaSJP.com

Mais imgens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: